Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: Primeiro-ministro promete boa coabitação com novo Presidente da República a bem de Cabo Verde

Cidade da Praia, 17 Out (Inforpress) – O primeiro-ministro e presidente do MpD disse hoje que a eleição de José Maria Neves deve ser respeitada por todos e prometeu boa coabitação para trabalhar para que Cabo Verde ultrapasse a fase difícil que atravessa.

Ulisses Correia e Silva, que falava à imprensa momentos depois de Carlos Veiga ter reconhecido a eleição de José Maria Neves para novo Presidente da República, considerou que “é muito necessária garantir a estabilidade política” para poder avançar o País, afirmando mesmo ser uma atitude positiva para se fazer um trabalho positivo daqui para a frente.

“O povo e os eleitores fizeram as suas escolhas”, ressalvou o presidente do Movimento para Democracia (MpD), principal apoiante de Carlos Veiga nestas eleições, seguida da UCID, que disse esperar uma coabitação da melhor forma com o Presidente eleito com o apoio do PAICV (oposição) para que Cabo Verde continue a ganhar e que o Presidente da República trabalhe com o Governo em benefício dos cabo-verdianos.

Quanto à análise dos resultados disse que posteriormente os dados serão observados, admitindo que “a melhor sondagem são os resultados nas urnas, o apuramento é que dita as regras e as escolhas e que o povo faz sempre a melhor escolha”, ao mesmo tempo que se mostrou preocupado com “a abstenção relativamente alta, particularmente nas presidenciais”.

Numa altura em que estão apurados 97 por cento (%) dos votos expressos (1.255 mesas apuradas), o antigo primeiro-ministro José Maria Neves (2001 a 2016) conta com 51.5% dos votos, correspondente a 93.149, relegando Carlos Veiga para o segundo plano com 42,06 % (77.018 votos), seguida de Casimiro de Pina  com 1,8% (3.254 votos), de Fernando Rocha Delgado com 1,4% (2.509 votos), Hélio Sanches com 1,2% (2.102 votos), Gilson Alves, com 0,9% (1.546) e de Joaquim Monteiro com 0,8%, resultante dos 1.355 votos conquistados.

SR/HF    

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos