Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: José Maria Neves assegura “lealdade necessária” na sua relação com Governo (c/áudio)

Cidade da Praia, 17 Out (Inforpress) – O Presidente da República eleito este domingo, José Maria Neves, garantiu que vai trabalhar com o Governo com a “lealdade necessária” para juntos enfrentarem os desafios que Cabo Verde tem pela frente.

Na sua primeira declaração à imprensa, José Maria Neves, que durante a campanha eleitoral acusou o Governo de ter apoiado a candidatura adversária de Carlos Veiga, que apelidou de “candidato oficial”, disse que o Presidente da República a partir de agora deve trabalhar não para aprofundar as feridas da campanha, mas para sará-las e unir o povo de Cabo Verde.

“Há um tempo para tudo. Há um tempo para disputa e há um tempo para o trabalho. O Presidente da República a partir de agora deve trabalhar não para aprofundar as feridas da campanha, mas para sará-las e para unir o povo de Cabo Verde no sentido de enfrentarmos juntos os desafios que se colocam à Cabo Verde”, explicou.

José Maria Neves disse que antes de se deslocar à sede da candidatura, na Fazenda, manteve uma primeira conversa com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, sobre o resultado destas eleições.

“Conto poder trabalhar com o Governo com a lealdade necessária para juntos enfrentarmos os desafios que se colocam a Cabo Verde”, disse adiantando que conversou igualmente com vários membros do Governo.

O candidato, que também foi felicitado pelo Presidente da República Jorge Carlos Fonseca, reafirmou que neste momento o maior desafio de Cabo Verde é a crise e, por isso, afirma que todos devem convergir numa só direcção face aos efeitos da crise.

“Está é uma vitória do povo de Cabo Verde.  E sinto-me gratificado e aqui a minha palavra é de gratidão ao povo de Cabo Verde por sempre terem confiado em mim e acho que a minha responsabilidade é fazer tudo para não defraudar essa confiança”, adiantou.

Numa primeira reacção o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que é também presidente do MpD, disse que a eleição de José Maria Neves deve ser respeitada por todos e prometeu boa coabitação para trabalhar para Cabo Verde ultrapassar a fase difícil que o País está a viver.

Ulisses Correia e Silva considerou que “é muito necessária garantir a estabilidade política” para fazer avançar o País, afirmando mesmo ser uma atitude positiva para se fazer um trabalho positivo daqui para frente.

“O povo e os eleitores fizeram as suas escolhas”, ressalvou Ulisses Correia e Silva.

O ex-primeiro-ministro, José Maria Neves, foi eleito Presidente da República de Cabo Verde, à primeira volta, com 51,5 por cento (%) dos votos, nas sétimas eleições presidenciais realizadas hoje, de acordo com os dados provisórios e vai substituir o Presidente Jorge Carlos Fonseca, que deixa o cargo após cumprir dois mandatos.

MJB/HF

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos