Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: Joaquim Monteiro pede aos santantoneses “um voto de certeza para o futuro de Cabo Verde”

Porto Novo, 04 Out (Inforpress) – O candidato às eleições presidenciais de 17 de Outubro Joaquim Monteiro classificou hoje “positivo” os três dias de campanha em Santo Antão, “não obstante se tratar de uma ilha essencialmente rural”.

No seu terceiro e último dia de contactos com as populações dos três municípios, Joaquim Monteiro, que dedicou o último ao concelho de Paul, pediu aos santantoneses “um voto de certeza para o futuro de Cabo Verde”.

Em  relação a propostas para o município do Paul, Joaquim Monteiro disse que vai influenciar para conclusão da estrada “não acabada” e do cais de pesca que ao longo do 46 anos não foram reabilitados.

Relativamente à agricultura, o candidato presidencial notou que embora seja “pujante”, precisa ser subsidiada pelo Estado e com a ajuda das câmaras municipais.

“Se a agricultura não for subsidiada pelo Estado vai acabar por desaparecer e um país só começa a avançar a partir do momento que atingir um nível de poder produzir”, indicou.

Ainda no que tange à agricultura, considerou que o embargo imposto, desde 1984, aos produtos agrícolas de Santo Antão, devido à praga do mil-pés, é um problema “extremamente complicado”, mas que “tem solução científica”.

“O mil-pés apareceu no zona de Povoação, depois em Chã de Arroz, no concelho Ribeira Grande, não sabendo se foi importado intencionalmente ou teria vindo em qualquer vaso de plantas ornamentais”, esclareceu Joaquim Monteiro, reiterando que é preciso encontrar uma solução cientifica para resolver esse problema.

Por outro lado, o auto-intitulado “candidato do povo” disse subscrever a ideia da construção de um aeroporto no Porto Novo, considerando que o aeródromo que existia na Ponta do Sol “prestou um grande serviço”.

O candidato que quer “planificar, programar e unir Cabo Verde” zarpa hoje de Santo Antão para ilha de São Vicente, onde vai prosseguir a sua campanha para o pleito de 17 de Outubro.

Às presidenciais do dia 17 de Outubro concorrem sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta com 74% dos votos, para um segundo mandato. 

OM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos