Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: Carlos Veiga sente-se “confiante na vitória” assim como nas primeiras eleições pluralistas de 1991

Cidade da Praia, 10 Out (Inforpress) – Na sua corrida à Presidência da República, Carlos Veiga “Kalu”, apresentou-se sexta-feira ao público da capital confiante na vitória, “assim como se sentia” nas primeiras eleições pluralistas realizadas em Cabo Verde em 1991.

O candidato, que elogia a forma como tem vindo a ser apoiado “pelos dois partidos democratas de Cabo Verde, MpD e UCID”, mostrou-se seguro que desta vez vai ganhar as eleições presidenciais “sem margens para dúvidas”, crente que, no domingo, a sua candidatura vai celebrar “uma grande vitória”.

Tendo em conta a forma como as crianças na companhia dos pais se mostrem “entusiasmadas com a presença” de Kalu, ao longo desta caminhada, Veiga voltou a fazer uso da parábola bíblica “Deixai vir a mim as crianças, porque delas é o reino de Deus”, uma passagem bíblica no qual o evangelista Marcos enaltece o relacionamento de Jesus Cristo com as crianças, para justificar a sua convicção.

O antigo-primeiro-ministro (1991/2000) aconselhou a todos a votarem, com serenidade, para que seja eleito de forma a trabalhar conjuntamente com o Governo e parlamento num país que vem de três anos de seca, dois de pandemia da covid-19, com repercussão na desigualdade social, ainda que se mostre crente que a resiliência cabo-verdiana consiga vencer as dificuldades.

No comício da Várzea, Carlos Veiga foi apadroado pelo vice-presidente do Movimento para a Democracia (MpD) Fernando Elísio Freire, para quem “Votar Carlos Veiga é votar Cabo Verde”, afirmando que o proponente da candidatura “Unir para Avançar”, é dos sete candidatos, o único com qualidades para unir o País neste momento tão importante.

Perante aplausos dos apoiantes e simpatizantes que ocorreram em massa ao comício da Várzea, Elísio Freire disse que a função de Carlos Veiga como novo Presidente da República “é de ser um dinamizador e um influenciador para o desenvolvimento de Cabo Verde, porque aposta na unidade nacional”.

“Este é um apelo a todas as pessoas que acreditam em Cabo Verde, no seu desenvolvimento e no futuro do País. Vamos votar com força e toda a dedicação em Carlos Veiga”, referiu Fernando Elísio Freire, alertando que “é preciso manter a linha da vitória e trabalhar com firmeza, serenidade, pois que “Veiga é fundamental para o desenvolvimento de Cabo Verde nesta fase”.

Carlos Veiga vai estar esta noite no segundo e último debate televisivo destas eleições protagonizado pela RTC (rádio e televisão pública) directamente da Assembleia Nacional, reservado a todos os sete candidatos na corrida ao Palácio Presidencial.

Às presidenciais do dia 17 de Outubro, nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos.

SR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos