Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: Carlos Veiga “desafia” mar revolto em traineira de pesca para levar a mensagem ao eleitorado do Sal

Ilha do Sal, 06 Out. (Inforpress) – O candidato Carlos Veiga chegou hoje à ilha do Sal, depois de uma viagem marítima de 03:30 horas numa embarcação de pesca, num mar muito revolto, para trazer a mensagem ao eleitorado do Sal do qual espera vitória.

Veiga deixou a ilha da Boa Vista precisamente às 09:30 para desembarcar na emblemática ponte de Pontão em Santa Maria, quando os ponteiros do relógio já batiam 13:00 uma vez que as vagas de ondas gigantes obrigaram os marinheiros a reduzirem a velocidade da traineira, tendo inclusive deslocado de rota, já que inicialmente a descida estava prevista para o cais de Palmeira.

“São situações próprias de campanha e na falta de outros meios de viagem deslocamos por via marítima e temos de estar preparados para este tipo do mar que neste tempo esta muito encrespado para um mar deste tipo. Não é fácil para as pessoas, mas é uma forma de ganhar tempo”, explicou, acrescentando que já se acostumou a vagas do tipo.

Mal chegou a Santa Maria, onde o candidato do “avançar para unir” era aguardado por uma vasta equipa de apoiantes e simpatizantes do seu projecto eleitoral, equipada com bandeira da república e, do candidato presidencial, dísticos e cartazes em sinal de força ao seu projecto, Veiga tomou estradas para porta-a-porta nas localidades dos Espargos, Palmeiras e Pedra de Lume além de outros bairros limítrofes.

À imprensa disse que tem tido sempre “muito boa relação” com o eleitorado do Sal, “uma das ilhas que mais rapidamente desenvolveu em Cabo Verde”, e disse estar convicto de que nesta ilha vai ter mais uma vitória, desta feita, para as próximas presidenciais.

Afirmou que os compromissos que ele assumiu, nesta corrida ao Palácio Presidencial se enquadram, de alguma forma, na ilha do Sal.

“Acredito que esta é uma plataforma que interessa à ilha do Sal, portanto o eleitorado do Sal vai, efectivamente, votar na minha candidatura e conceder-me mais uma vitória”, realçou Veiga que se mostra convicto de que a rapidez que se espera da retoma do turismo não está tão dependente dos parceiros externos e de Cabo Verde por causa da covid-19, já que o maior mercado emissor do turismo em Cabo Verde, a Inglaterra, é muito exigente.

Carlos Veiga, que encerra esta digressão à ilha do Sal ainda esta noite com um comício em Chã de Fraqueza, deixa a ilha do aeroporto na manhã desta quinta-feira para se deslocar à Brava para prosseguir as suas acções de campanha para as presidenciais de 17 de Outubro.

Nas presidenciais do dia 17 de Outubro, nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos, nomeadamente Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos.  

SR/HF         

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos