Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: Candidato Hélio Sanches recebido na ilha do Sal com batucada e chuva

Cidade da Praia, 08 Out (Inforpress) – O candidato às eleições presidenciais de 17 de Outubro, Hélio Sanches, chegou hoje à ilha do Sal onde foi recebido ao som da batucada e debaixo de chuva. 

“Primeiro trouxemos boa nova, porque mal chegamos ao aeroporto Internacional Amílcar Cabral começou a chover, motivo de satisfação para nós. Mas essa visita tem por objectivo trazer a solidariedade do candidato a Presidente da República, Hélio Sanches ao povo da ilha do Sal”, avançou. 

Segundo disse, a população da ilha do Sal e da Boa Vista, foram os mais afectados com o impacto da covid-19, que trouxe muitos problemas sobretudo desemprego jovem. 

“As pessoas que trabalhavam no aeroporto e no sector do turismo ficaram desempregados, as de outras ilhas que vieram trabalhar na ilha do Sal ou regressaram para o seu destino ou estão com muitos problemas e dificuldades”, apontou. 

Para o candidato, a ilha do Sal passou, e ainda esta a passar, por momentos difíceis que, felizmente, já começou a voltar à normalidade, mas ainda é imprevisível. 

“Sal é uma ilha turística por excelência e vamos levar uma mensagem de esperança e de novos tempos e que devemos ter um turismo diferente que irá trazer muita mais-valia para Cabo Verde”, defendeu Hélio Sanches que prometeu trabalhar com o Governo para a retoma do turismo.       

Sendo uma ilha cosmopolita, deixou a garantia a todos os cabo-verdianos e emigrantes ali residentes de que podem contar com Hélio Sanches, a partir do dia 17 de Outubro, quando for eleito Presidente da República. 

“Estou muito contente pelos jovens que têm aderido à minha candidatura, que têm agranjado muita simpatia em todo o país e tem crescido dia-após-dia e não tenho dúvidas de que no dia 17 a nossa candidatura vai ser escolhida para ser o próximo Presidente da República porque temos o melhor projecto e mensagem para o povo das ilhas”, mencionou. 

Com o lema “novos tempos novos líderes”, propôs a renovação da classe política cabo-verdiana com nova liderança e esperança para Cabo Verde.  

O candidato considerou que a questão da falta de transportes aéreos e marítimos em Cabo Verde é “muito grave” e precisa ser resolvida. 

“Estou a sentir de forma clara e evidente. Pretendia deslocar-me à ilha da Boa Vista este sábado, mas não tem transportes nem para as outras ilhas, como Brava e São Nicolau, e estamos todos condicionados. Sabendo que somos um país arquipelágico já é tempo de se resolver isto”, apontou.  

Na ocasião garantiu que irá exercer a sua magistratura de influência junto do Governo para juntos analisarem e ver como resolver esta questão que tem condicionado a vida de muitos cabo-verdianos e não só. 

Nas presidenciais de 17 de Outubro, concorrem outros seis candidatos – Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro. 

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta com 74% dos votos, para um segundo mandato.    

AV/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos