Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: Candidato Hélio Sanches apela ao voto para combater a abstenção

Cidade da Praia, 13 Out (Inforpress) – O candidato às eleições presidenciais de 17 de Outubro Hélio Sanches mostrou-se hoje preocupado com a aumento da taxa de abstenção e apelou aos cabo-verdianos a votarem na sua candidatura que “é a melhor alternativa para Cabo Verde”.

Depois de percorrer os três concelhos da ilha do Fogo, a candidatura de “Novos tempos novos líderes”, irá apostar todas as fichas na ilha de Santiago, para tentar convencer aos eleitores indecisos a exercerem o direito de voto no próximo dia 17 de Outubro.

“O aumento da taxa de abstenção tem sido um problema que nos preocupa também, mas estou convicto de que se não fosse essa candidatura a abstenção seria ainda mais alta. Estou seguro e apelo à população a irem votar porque apesar de existir um certo descrédito em relação aos políticos a nossa candidatura preza pela união e bem social dos cabo-verdianos”, garantiu.

Hélio Sanches considerou que esta “desconfiança” em relação aos políticos tem a ver com os políticos do passado, nomeadamente Carlos Veiga e José Maria Neves, que fizerem muitas promessas e prometeram meios e fundos e não cumpriram.

“Aproveito essa ocasião para apelar a todas as pessoas a irem às urnas no próximo domingo, porque o voto é um direito e é através da votação que manifestamos se queremos ou não um político”, apontou.

O candidato disse esperar que os eleitores votem em massa no próximo domingo e seja eleito Presidente da República, tendo realçado que o seu maior aliado é a população de Cabo Verde sobretudo a organização da sociedade civil.

“A verdade é que por onde eu passo as pessoas já me conhecem, e tem uma relação de afecto e amizade, e é isso que quero ser, um presidente amigo dos cabo-verdianos”, referiu Hélio Sanches, que se considera “um grande vitorioso”.

“Quando me declarei candidato, muitas pessoas não levaram em conta o meu projecto, por não ter o apoio partidário pensaram que a candidatura não ia andar”, avançou, afirmando que a sua candidatura começou a ser preparada há 3 anos juntamente com um grupo de cidadãos da sociedade civil.

Explicou que sem o apoio do seu partido, manteve-se firme e seguiu em frente com a candidatura de “Novos tempos novos líderes” sem nenhuma exitação e condicionalismos partidários, ao contrário de José Maria Neves e Caros Veiga que só avançaram após receber o aval do partido.

Neste sexta-feira, 13, a candidatura de Hélio Sanches vai estar em acção de campanha nos Picos, Assomada, Tarrafal e Santa Cruz para levar a mensagem de esperança e de confiança.

Nas presidenciais de 17 de Outubro concorrem outros seis candidatos – Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta com 74% dos votos, para um segundo mandato.

AV/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos