Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais`2021: António Monteiro acredita que UCID não sairá lesada destas eleições até porque “a maior critica veio do PAICV” (c/áudio)

Mindelo, 18 Out (Inforpress) – O presidente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), António Monteiro, assegurou hoje que o seu partido não sairá prejudicado por ter apoiado Carlos Veiga, até porque “os maiores críticos da sua escolha vieram do PAICV”.

O líder dos democratas cristãos, que reagia à Imprensa, no Mindelo, sobre os resultados das eleições deste domingo, que ditaram a vitória do candidato José Maria Neves, apoiado pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), começou por agradecer aos militantes do partido que votaram em Carlos Veiga, apoiado pela UCID e pelo Movimento para a Democracia (MpD).

Segundo a mesma fonte, a escolha do apoio foi feita tendo como “único propósito” Cabo Verde,

Mas, assegurou, a UCID “sofreu” com a derrota do candidato apoiado, mesmo ao tomar essa decisão tendo como pilares a justiça, a estabilidade da política cabo-verdiana e ainda por considerar que Carlos Veiga seria um “grande dinamizador” para se ter em Cabo Verde a regionalização, que, vincou, “tanta falta faz”.

Questionado pela Inforpress se o apoio dado a Carlos Veiga não prejudica a UCID nas próximas eleições, António Monteiro acredita que não, porque foi decidido numa reunião da comissão política, na qual foi analisada todas as condições.

“Há muitos militantes agora da UCID, mas sabemos de onde é que vêm, vêm infelizmente do lado do PAICV, temos que dizer de forma clara”, considerou, adiantando que apesar de toda a crítica feita nos últimos dias, ele e a direcção do partido estão “firmes e convictos” de terem feito uma “boa escolha”.

Por outro lado, admitiu que a sua liderança esteve e está sempre ao dispor dos militantes do partido, algo que deverá ser analisado num congresso, agendado ainda para este ano, no qual os congressistas irão decidir que futuro dar à sua pessoa, “enquanto político e militante”.

Mesmo assim, disse estar convicto de que o trabalho feito nas eleições foi “meritório”, uma vez que a única coisa que moveu a UCID e sua própria pessoa foi encontrar o melhor candidato.

“O povo julgou diferente, e nós respeitamos”, afiançou António Monteiro, que felicitou o Presidente recém-eleito e espera que possa mostrar que esteve errado e também o ajudar a alcançar os propósitos como a justiça e regionalização e estabilidade do País.

Falando sobre as possíveis causas da derrota, o presidente da UCID indicou como primeira o facto de Carlos Veiga conseguir ser uma “cola” para “juntar o PAICV contra ele”.

Por outro lado, apontou a alta taxa de abstenção, de 52 por cento (%), que a seu ver deverá ser analisada pelas autoridades, especialmente a Assembleia Nacional, porque “existem pessoas que ficam à espera até à última hora para proporem venda dos seus votos”.

“Pensamos que isso é muito grave e poderá pôr em causa a democracia. E uma forma de resolver essa situação poderá ser o voto obrigatório”, advogou António Monteiro, admitindo que a venda de votos foi um “vício” incutido pelos próprios políticos e agora a “maior preocupação” é que isso aumente de ano para ano.

José Maria Neves, professor universitário e antigo primeiro-ministro cabo-verdiano, de 61 anos, foi domingo eleito, à primeira volta, o quinto Presidente da República de Cabo Verde, com 51,5% dos votos, de acordo com dados do apuramento provisório.

Apoiado pelo PAICV actualmente na oposição, José Maria Neves irá suceder a Jorge Carlos Fonseca, que cumpre o seu segundo e último mandato como Presidente da República.

Carlos Veiga, também antigo primeiro-ministro, que se candidatou com o apoio do Movimento (MPD), no poder e pela UCID, também na oposição, obteve cerca de 42,6% dos votos e falhou a eleição para Presidente da República pela terceira vez.

LN/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos