Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais/Santiago Sul e Maio: Polícia Nacional destaca mais de 470 efectivos para o dia das eleições

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – Um total de 473 efectivos está destacado pelo Comando Regional de Santiago Sul e Maio para garantir a segurança e ordem pública na região, no domingo, dia das eleições presidenciais em Cabo Verde.

Esta informação foi revelada hoje à Inforpress pelo comandante do Comando Regional Santiago e Maio (CRSSM) da Polícia Nacional (PN), Roberto Costa.

Dos 473 efectivos a serem destacados, detalhou este responsável, 351 são do próprio comando e os restantes 122 são reforços que chegam de outras unidades policiais sedeadas na cidade da Praia.

Além destes, acrescentou, todo o corpo da Polícia de Intervenção estará também em alerta para se no caso for chamado para ajudar a garantir a segurança do processo eleitoral.

“Vamos trabalhar da mesma forma que nas legislativas, cada esquadra vai cuidar das mesas de voto dentro de sua área. Todas as esquadras terão reforços de acordo com as suas necessidades”, acrescentou.

O trabalho da PN no terreno será essencialmente, conforme explicou Roberto Costa, fazer cumprir o Código Eleitoral, mais concretamente, garantir que haja o distanciamento de pessoas das assembleias de voto.

Roberto Costa alertou ainda que a lei eleitoral impede que funcionários das candidaturas, que ajudam as pessoas a saber onde votam, fiquem num perímetro inferior a 500 metros das assembleias de voto, lembrando que a Comissão Nacional das Eleições (CNE) criou todo um mecanismo no sentido de as pessoas saberem em que mesas deverão votar, pelo que o trabalho destas pessoas é dispensável.

Também, informou este responsável policial que, desde sexta-feira, a PN tem estado a notificar os estabelecimentos comerciais situados a menos de 500 metros das assembleias de voto, principalmente os que vendem bebidas alcoólicas, devem estar encerradas das 07:00 até às 18:00, conforme o estabelecido na lei.

Roberto Costa aconselha às pessoas para abandonarem o local da assembleia de voto depois de votarem e para ficarem em casa à espera pacientemente dos resultados que vão chegando através da comunicação social e demais plataformas de comunicação.

“É preciso evitar aglomerações de pessoas, muito também por conta da situação sanitária que o País está a viver por causa da pandemia da covid-19”, finalizou.

Concorrem a estas eleições Carlos Veiga, que pela terceira vez se apresenta como candidato e conta com o apoio do Movimento para a Democracia (MpD – poder) e da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID – oposição). Outro veterano das presidenciais, que também concorre pela terceira vez, é Joaquim Monteiro.

José Maria Neves, que cumpriu já três mandatos como primeiro-ministro, é outro candidato que se apresenta com apoio partidário, no seu caso, do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV – oposição). Gilson Alves, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Fernando Delgado completam a lista de candidatos ao mais alto cargo da Nação.

A segunda volta, caso nenhum dos candidatos ultrapasse os 50% dos votos, está marcada para 31 de Outubro.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos