Presidência encerra X Semana da República com sentimento de ter incentivado mensagem de união e confraternização

Cidade da Praia, 20 Jan (Inforpress) – A Presidência da República encerrou hoje a X Semana da República com um concerto musical e o chefe da Casa Civil assegurou ter passado a mensagem de união e confraternização sobre 13 e 20 de Janeiro.

Numa cerimónia testemunhada pelo Presidente da República interino, Jorge Santos,  o chefe da Casa Civil, Manuel Faustino, traçou para a Inforpress o balanço positivo, ao considerar que a X Semana da República esteve à altura das outras ao marcar pontos por ser a última organizada pela equipa do Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, cujo mandato termina em Outubro próximo.

“Foi muito importante, nós conseguimos trazer temas importantíssimos para o debate nas duas conferências nas quais tivemos participantes de países como Portugal, enviado especial do presidente do Senegal, cabo-verdianos,  intelectuais de peso entre nós, naturalmente com os condicionamentos impostos pela pandemia”, referiu Faustino.

De acordo com este responsável pela organização da Semana da República, o evento que assinala o 13 de Janeiro (dia da Liberdade e da Democracia) e o 20 de Janeiro, (dia dos Heróis Nacionais) a mensagem continua a ser válida e muito interessante, tendo considerado que durante estes dois mandatos as duas datas foram definidas como sendo marcantes para a história de Cabo Verde.

“Esta mensagem vai sendo absorvida, naturalmente pelos mais jovens. Há outras instituições como algumas câmaras municipais que também fazem passar esta mensagem, assim como algumas embaixadas em Espanha, Luxemburgo e Angola. Este processo tem de ser continuado e está a ser possível assumirmos a nossa história tranquila”, sentenciou.

O acto cultural foi abrilhantado por uma banda constituída por músicos de referências como Manel de Candinho (guitarra), Kaku Alves (guitarra), Jorge Pimpa (bateria),  Africano  (violino) e Mindela (vocalista), tendo o chefe da Casa Civil lamentado a impossibilidade de os artistas sanvicentinos, Bau e Voginha, se deslocarem à cidade da Praia por dificuldades de transporte.

SR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos