Search
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Economia
Internacional
Desporto
Politica
Sociedade

Presidência da República promove mesa redonda para sensibilizar e estimular os jovens sobre a leitura

Cidade da Praia, 25 Abr (Inforpress)- A Presidência da República promoveu hoje, na Cidade da Praia, uma mesa redonda, com o intuito de sensibilizar estimular e despertar nas crianças e nos jovens o gosto pela leitura.

O evento que contou com a participação de alunos das Escolas Secundárias da Praia, esta inserido na terceira Semana da Leitura, iniciativa presidencial de promoção da leitura “Ler mais, saber mais”, que decorre de 22 a 27 deste mês.

Para a primeira-dama, Lígia Fonseca, a iniciativa da Presidência tem trazido resultados muito importantes em relação ao amor pelos livros e tem despertado uma certa vontade por parte das crianças, jovens e adultos, mas a questão do acesso e de apreender a gostar constitui um dos obstáculos de separação dos cabo-verdianos com o livro.

“Muitas pessoas nascem com esse amor pelos livros e não é preciso que ninguém lhes ensine a gostar, mas a maior parte de nós precisa de ter acesso ao livro que hoje em dia é cada vez mais difícil, porque há outros focos de interesses e outros instrumentos designadamente a televisão, telemóveis os computadores que afastam as crianças do livro”, referiu.

No seu entender, esses meios de leitura não são maus, mas considera que o mais importante   é incentivar e promover hábitos e gosto pela leitura, e que das acções levadas a cabo puderam constatar que quando colocam um livro nas mãos de uma criança ela começa a ter um interesse e a ganhar amor pelo livro.

Por outro lado, disse que muitos escritores cabo-verdianos têm visitado escolas para levar as suas obras de modo a despertar mais interesse dos alunos, e que ao ler uma obra e depois conhecer a pessoas que escreveu torna mais interessante e cria mais vontade de continuar a ler.

Na ocasião adiantou que a campanha “Ler mais, saber mais” da Presidência da República tem sido um “sucesso”, sendo que conseguiram despertar nas crianças e nos jovens o gosto pela leitura.

Para finalizar afirmou que o livro é um bom instrumento de ligação entre as pessoas e que a leitura é um bom remedio contra a solidão, tristeza a doenças.

AV/FP

Inforpress/Fim

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos