Preços do trigo sobem 60% na África devido ao conflito russo-ucraniano – BAD

Abuja, 26 abr (Inforpress) – O conflito entre a Rússia e a Ucrânia, que interrompeu as exportações de trigo, elevou os preços do produto em 60% na África, disse terça-feira o presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwunmi Adesina.

Numa reunião com o presidente nigeriano Muhammadu Buhari, o presidente do BAD alertou ainda que o conflito criará problemas globais, especialmente para a África, que importa uma grande percentagem de seus alimentos dos dois países.

“O preço do trigo já subiu cerca de 60%. O milho e outros cereais também serão afectados. Pode haver também uma crise de fertilizantes, porque vai haver um défice de cerca de 2 milhões de toneladas. E vai afectar os alimentos produção em cerca de 20 por cento”, acrescentou, observando que a África perderia até 11 bilhões de dólares em alimentos.

“E chegando logo após o covid-19, será muito sério”, continuou o Sr. Adesina, de origem nigeriana, que revelou ao mesmo tempo que o BAD havia elaborado um plano alimentar de emergência para a África de 1,5 bilhão de dólares, que aguarda agora a aprovação da gestão sénior do BAD.

Além disso, disse Akinwunmi Adesina, para evitar uma crise alimentar no continente africano e ao mesmo tempo mitigar o impacto do conflito russo-ucraniano, o BAD também planeja ajudar os agricultores africanos a cultivar trigo, milho, arroz, sorgo e soja sob este plano.

Inforpress/Xinhua

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos