Pré-escolar é área prioritária para implementação do novo projecto educativo no país – responsável

Cidade da Praia, 13 Set (Inforpress) – A directora Nacional de Educação, Sofia Figueiredo, elegeu hoje o pré-escolar como uma “área de prioridade” do Ministério da Educação para a implementação do novo projecto educativo no país.

Sofia Figueiredo fez essa consideração, em conferência de imprensa, após ser questionada sobre que mudanças haverá no pré-escolar, já que se trata de uma área considerada “importante” para um “bom alicerce” educativo.

“Estamos a dar uma atenção especial ao pré-escolar, e no ano passado foi elaborado o documento de orientação pedagógica para este nível e se fez, a nível nacional, um recorrido a todos os jardins para um trabalho de fundo com as monitoras”, disse.

As câmaras municipais fazem a gestão da maioria dos jardins existentes no país, pelo que o ministério teve que realizar um trabalho com as monitoras e educadoras, nos vários concelhos, para   com as experiências educativas adquiridas pudessem promover uma “excelente educação pré-escolar”.

Neste momento, segundo informou, o Ministério da Educação está a proceder a um processo de reforço e consolidação, visto que já existem projectos aprovados pelo Banco Mundial e parceiros do ministério que prevêem acções “muito concretas” na área do pré-escolar.

“A questão da regulamentação, reforço da formação, elaboração do perfil de saída do pré-escolar e qualificações dos profissionais, isso, para que possamos melhorar a qualificação profissional das monitoras que estão já no sistema a trabalhar”, disse.

Este ano lectivo, o Ministério da Educação prevê cerca de 1.500 monitores no pré-escolar para atender cerca de 16.290 crianças a nível nacional.

PC

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos