Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Prazo de inscrição para vacinação de pessoas com mais de 45 anos alargado até 14 de Junho

Cidade da Praia, 07 Jun (Inforpress) – O director nacional da Saúde anunciou hoje que o prazo de inscrição para vacinação de pessoas com mais de 45 anos foi alargado até 14 de Junho.

Jorge Noel Barreto avançou esta informação durante a conferência de imprensa, quando fazia o balanço da situação epidemiológica em Cabo Verde, tendo referido que até este momento 28.881 pessoas já receberam a primeira dose das vacinas.

Barreto adiantou que, nos últimos 14 dias foram analisadas 14.952 amostras, o que representa uma média de 1.068 de amostras analisadas por dia, acrescentando que foram registados, neste período, 1.754 casos positivos correspondente a uma média de 125 casos por dia.

Segundo este responsável, nas últimas duas semanas, o país registou uma taxa de positividade de cerca de 12%, sublinhando que apesar da situação estar “bastante favorável” no que se refere a algum controlo das contaminações, a mesma está acima daquilo que é o desejável, que é de 4%.

Em termos de taxa de incidência acumulada nos últimos 14 dias, prosseguiu, até este momento nenhum concelho registou a taxa de incidência inferior a 25 por 100 mil habitantes, informando, no entanto, que quatro concelhos, nomeadamente, Tarrafal de Santiago, São Domingos, Sal e Tarrafal de São Nicolau, registaram uma taxa entre 25 e 150 por 100 mil habitantes.

O director nacional de Saúde disse que, a nível nacional a taxa de incidência acumulada nos últimos 14 dias é de 311, realçando que, nos 14 dias anteriores, esta mesma taxa era de 501 por 100 mil habitantes e que com a redução do número de casos positivos da covid-19, houve uma diminuição de casos graves e de óbitos.

Quanto ao plano de vacinação, informou que até à presente data, um total de 28.881 pessoas já tomaram a primeira dose das vacinas Pfizer e Astrazeneca, sendo que 21.254 pessoas tem idade igual ou superior a 60 anos, o que representa uma taxa de 42% da estimativa de pessoas com essa idade em Cabo Verde.

“Apesar de ainda ser baixa, é uma boa taxa tendo em conta que num dos principais grupos prioritários, pois as pessoas que estão a morrer da covid-19 em Cabo Verde com idade igual ou superior a 60 anos continuam a contribuir com 82% desses óbitos”, asseverou, adiantando que até este momento 538 dos doentes crónicos com idade inferior a 60 anos já receberam a primeira dose.

Apelou às pessoas a aderirem ao plano de vacinação, lembrando que se a população elegível em Cabo Verde não for vacinada o mais rapidamente possível, de nada irá adiantar o esforço que o Governo de Cabo Verde tem feito para conseguir as vacinas, frisando que a não vacinação terá “consequências gravíssimas” no futuro do país.

“Uma população não vacinada, significa uma população desprotegida e que condiciona a retoma das actividades económicas e põe em risco a vida e a saúde das pessoas, porque se não há dinheiro não há como adquirir alimentos, pagar exames, comprar remédios, educar as crianças, ou seja, as consequências serão várias e catastróficas”, reforçou.

Cabo Verde registou nas últimas 24 horas mais 50 casos positivos da covid-19 e 179 recuperados, perfazendo um total de 31.147 casos positivos acumulados.

Com estes dados, o país passa a contabilizar 1.036 casos activos, 29.826 casos recuperados, 267 óbitos, nove óbitos por outras causas e nove transferidos, perfazendo um total de 31.147 casos positivos acumulados.

CM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos