Praia: Tribunal manda afastar das vítimas suspeitos de abuso sexual de menor e VBG

Cidade da Praia, 25 Abr (Inforpress) – O tribunal da Praia mandou afastar de suas supostas vítimas cinco indivíduos de sexo masculino indiciados por crimes de abuso sexual de criança e violência baseada no género (VBG), informou a Procuradoria-geral da República (PGR) em comunicado.

Na nota lê-se que no âmbito da investigação de sete autos de instrução, registados na Procuradoria da República da Comarca da Praia, o Ministério Público ordenou a detenção, fora de flagrante delito, de cinco indivíduos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 30 e os 46 anos de idade.

Em causa estão, segundo a mesma fonte, factos susceptíveis de integrarem, por ora, os crimes de abuso sexual de criança e violência baseada no género, previstos e punidos pela legislação penal cabo-verdiana.

Efectivadas as detenções, com a coadjuvação da Polícia Judiciária e da Polícia Nacional, e submetidos ao primeiro interrogatório judicial, foram aplicados aos arguidos as medidas de coacção de interdição da saída do território nacional, proibição de contacto e aproximação com as vítimas, apresentação periódica às autoridades e afastamento da casa de morada de família.

A PGR disse ainda que os referidos processos, que continuam em investigação, permanecem em segredo de justiça.

GSF/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos