Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia: Tribunal decreta prisão preventiva a dois suspeitos de homicídio agravado

Cidade da Praia, 09 Out (Inforpress) – O Tribunal da Praia decretou a Prisão Preventiva a dois indivíduos do sexo masculino, suspeitos da prática do crime de homicídio agravado e tentado, ocorridos nas localidades de Achada São Filipe e São Pedro.

De acordo com uma nota enviada à Inforpress, os indivíduos, que foram detidos pela PJ entre os dias 28 de Setembro e 05 de Outubro, são igualmente suspeitos da prática de uso de armas e violência baseada no género (VBG).

No primeiro caso, um indivíduo de 35 anos, residente em Achada São Filipe, foi detido numa operação conjunta com a Polícia Nacional, por suspeita da prática de crimes de homicídio agravado, armas e VBG, cometidos contra a sua companheira, de 46 anos, que, na sequência de uma agressão com arma branca, faleceu ainda no local.

No segundo caso, um indivíduo de 38 anos, residente em São Pedro, foi detido por suspeita da prática de crimes de homicídio tentado, armas e VBG, cometidos contra a sua companheira, de 31 anos, que terá sido agredida com arma branca, sendo socorrida por familiares e vizinhos que a transportaram para o hospital.

Os detidos foram presentes, no tempo legal, ao Tribunal da Comarca da Praia, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguidos detidos e aplicação de medidas de coacção pessoal, tendo sido aplicada a ambos Prisão Preventiva.

A mesma fonte informou ainda que um terceiro indivíduo do sexo masculino, de 23 anos, foi detido na terça-feira, 05 de Outubro, suspeito da prática de crimes de homicídio e arma, ocorridos no passado dia 25 de Setembro, no bairro de Quelém, Achada Santo António.

A vítima foi um indivíduo do sexo masculino, de 32 anos, alvo de um disparo mortal, na sequência de uma troca de tiros com um grupo formado por outros dois elementos, além do ora detido.

O suspeito, que foi detido no Aeroporto Internacional Nelson Mandela, quando se preparava para viajar com destino a Dakar, Senegal, foi presente ao Tribunal da Comarca da Praia, que lhe aplicou apresentação periódica na PJ e interdição de saída do País, como medidas de coacção pessoal.

HR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos