Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia: Rede das Associações Comunitárias e Movimento Sociais assinala mês de Juventude com actividades nos bairros

Cidade da Praia, 30 Jul (Inforpress) – A Rede das Associações Comunitárias e Movimento Sociais (RACMS) da Praia vai assinalar o mês da juventude com um programa “A gosto da juventude” que prevê, além de conversas abertas, um inquérito para traçar o perfil da juventude praiense.

Segundo o membro da rede, Edmilson Garcia, durante seis semanas, entre Agosto e Setembro, a RACMS vai realizar actividades, em diferentes bairros, abordando temas como gênero, mudanças climáticas e resiliência, educação e formação profissional, situação laboral, desporto e lazer, participação cívica e política, e a situação perante a saúde.

“As actividades programadas no âmbito do mês em que se celebra o Dia Internacional da Juventude, vão de conversas abertas, mapeamento dos jovens e acções comunitárias à escolha das organizações filiadas, para conhecer suas expectativas, desafios e potencialidades”, explicou.

Edmilson Garcia avançou que será feito um mapeamento dos jovens com base numa análise quantitativa a partir de um questionário, tendo por base questões como ‘quem são, como estão e como querem estar’.

Conforme indicou, as acções comunitárias a serem desenvolvidas no decorrer do programa terão um carácter de sensibilização/denúncia à escolha das organizações participantes.

“Como resultado final pretende-se ter um documento com uma breve análise da realidade juvenil da Praia, contendo um conjunto de reivindicações e recomendações para a construção de uma política pública da juventude praiense que será posteriormente entregue na vereação da Juventude da Câmara Municipal da Praia e no Instituto do Desporto e da Juventude”, acrescentou.

Edmilson Garcia lamenta o facto da juventude ter vindo a ser apresentada ao longo dos tempos, simultaneamente como problema e panaceia, ou seja, por um lado como irresponsável e o principal agente da violência urbana e outros males sociais que têm afectado a sociedade cabo-verdiana e, por outro, como uma prioridade para o desenvolvimento de uma sociedade sustentada e equilibrada.

“Os poderes centrais e municipais dizem assumir a ideia que uma política para a juventude deve ter como pilar um permanente diálogo estruturado com a sociedade civil juvenil, no sentido de garantir igualdade de oportunidades para todos. Igualmente, declaram a necessidade de as tomar como parceiros privilegiados de governação, embora, na prática, as tenha tomado mais como adversárias”, frisou.

No dia 12 de Agosto é celebrado o Dia Internacional da Juventude, data criada em 1999 por iniciativa da Organização das Nações Unidas como forma de realçar papel essencial dos jovens para gerar mudanças e também aumentar a conscientização sobre os desafios e problemas enfrentados pela juventude mundial.

ES/MJB//CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos