Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia: Portadores de deficiência realizam marcha em prol da importância da Bengala Branca

Cidade da Praia, 14 Out (Inforpress) – Um grupo de pessoas portadoras de deficiência visual marchou hoje na Cidade da Praia, apelando a atenção dos cidadãos pela importância da “Bengala Branca” e também pelos problemas que um invisual enfrenta no seu dia-a-dia.

Em declarações à imprensa, o presidente da Associação dos Deficientes Visuais de Cabo Verde (ADEVIC), Marciano Monteiro, adiantou que o evento tem como objectivo “sensibilizar a sociedade praiense e também chamar a atenção pelos problemas que um invisual enfrenta no seu dia-a-dia”.

“Nós queríamos mostrar às pessoas que a Bengala Branca é um símbolo de independência, liberdade e confiança, pois, a sua utilização permite ao deficiente visual se movimentar livremente, dentro dos condicionalismos existentes na cidade e não só”, disse Monteiro.

Segundo a mesma fonte, com esta marcha querem chamar atenção às   entidades competentes para necessidade da criação de condições no sentido de as pessoas com deficiência visual terem sua mobilidade e oportunidade, igual às outras pessoas.

No âmbito da comemoração do Dia da Bengala, que se assinala sexta-feira, 15 de Outubro, a associação promoveu uma mesa redonda em parceria com a Federação Cabo-Verdiana das Associações de Pessoas com Deficiência (FECAD), sob o tema: “Políticas públicas e desenvolvimento para as pessoas com deficiência em Cabo Verde”.

Para sábado, estão previstas actividades culturais no município do Tarrafal, na ilha de Santiago, com participação de artistas com deficiência.

A bengala branca é um instrumento de acessibilidade utilizado por invisuais e que foi usado por James Biggs, fotógrafo de Bristol, em Inglaterra, que ficou cego depois de um acidente.

Em 1930, George Benham, presidente do Lion’s Club do Estado de Illinois, Estados Unidos, providenciou no sentido de serem usadas bengalas brancas com extremidade inferior vermelha, para identificar seu portador, suscitar eventuais ajudas pelos pedestres videntes e alertar os condutores de veículos.

AT/LC//CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos