Praia: Jovens de Safende promovem hoje uma conversa aberta sobre “Cidadania Fiscal”

 

Cidade da Praia, 24 Abr (Inforpress) – Jovens “quadros” do bairro de Safende, na Cidade da Praia, promovem uma conversa aberta, hoje a partir das 18:00, sobre “Cidadania Fiscal”, enquadrada na semana do empoderamento comunitário, que decorre de 23 a 30 de Abril.

À Inforpress, a palestrante Vera Figueiredo disse que o convite partiu de Bernardino Gonçalves, um dos jovens envolvidos na organização do “fórum Pensar Safende”, para informar os locais sobre como exercer os direitos, enquanto cidadão na fiscalização da “coisa pública”.

“Cada um tem o direito de decidir o que deve ser investido com os recursos que vêm dos impostos”, afirmou, acrescentando que vai levar à população o conceito da “coisa pública”, uma vez que, considerou, tal por ser pública não é “gratuita”, como muitos pensam, e deve ser conservado para beneficiar a todos.

A conversa objectiva também oferecer “bagagens” aos moradores de Safende para poderem informar-se sobre a quem dirigir em caso de reivindicações em prol do desenvolvimento do bairro.

A palestrante avançou ainda que a ideia é despertá-los para a consciencialização participativa, fiscalização da “coisa pública” e o uso dos bens públicos, ou seja, motivá-los a primar para o bem das construções do Estado, uma vez que, tal dignifica a comunidade.

A Semana de Empoderamento Comunitário (SEC2017) é uma iniciativa “acarinhada” por jovens “quadros” do bairro que propõe uma reflexão à volta da localidade, e dos moradores concretamente, com ideia de enfrentar, para vencer, o maior desafio da comunidade que é o “desemprego” quer entre os jovens ou adultos.

De acordo com a organização, o “Desenvolvimento Comunitário” é um processo que tende a criar condições de progresso económico e social para desenvolver comunidades activas e sustentáveis baseadas na justiça social e no respeito mútuo.

Com esta semana de empoderamento, os jovens daquela localidade querem despertar as lideranças locais, construir uma nova narrativa comunitária, aprofundar conhecimentos e competências colectivas e sensibilizar às autoridades locais e centrais sobre eventuais acontecimentos.

Para além da conversa aberta que vai ser no Espaço Aberto Safende, constam na agenda das actividades enquadradas na SEC2017, acções reivindicativas públicas, consciencialização e sensibilização nas escolas, passeata comunitária e reflexões temáticas.

AF/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos