Praia ganha avenida Agostinho Neto para homenagear o primeiro presidente de Angola

Cidade da Praia, 19 Nov (Inforpress) – A Câmara Municipal da Praia inaugurou hoje a avenida António Agostinho Neto, primeiro presidente da República de Angola, que vai da rotunda Lém Ferreira ao Centro Social 1º de Maio, na Fazenda.

Após o descerramento da placa, que contou com a presença da embaixadora de Angola em Cabo Verde   Júlia Machado, o presidente da Câmara da Praia, Francisco Carvalho, disse que a inauguração dessa avenida é mais um passo no sentido de preservar a memória de Agostinho Neto.

“É um passo nesse sentido, na direcção da salvaguarda da nossa memória colectiva e no reforço da amizade que existe entre Cabo Verde e Angola, precisou o edil praiense, frisando que a figura de Agostinho Neto ultrapassa os limites da Angola, do continente africano, “atingindo Cabo Verde e mundo”.

Por isso, considerou que é fundamente que a câmara da Praia marque desta forma “simbólica e muito realista”, para relembrar e reforçar permanentemente a história que existe entres esses dois países da lusofonia e a figura de Agostinho Neto.

“Todos nós sabemos   que ele esteve em Cabo Verde, na ilha de Santo Antão e em Santiago, e logo depois da Independência fez uma visita a Cabo Verde (…) e tem sido assim ao longo do tempo e da história, Cabo Verde e Angola têm caminhado sempre juntos”, justificou.

Neste sentido, defendeu que a Cidade da Praia, tinha o dever de abraçar essa ideia da embaixadora de Angola, de dar o nome de Agostinho Neto à essa avenida.

Por outro lado, avançou na ocasião, que a câmara já começou a dar os primeiros passos para relançar a cooperação com Luanda, capital de Angola.

Por sua vez, a embaixadora de Angola em Cabo Verde, Júlia Machado, disse que essa homenagem, que se insere no âmbito das comemorações dos 100 anos de nascimento de Agostinho Neto, que segunda ela, foi uma “figura da liberdade e de dimensão incomensurável” ao nível de Angola e da África.

“Ele desde jovem teve um engajamento total à luta pela liberdade e autodeterminação dos povos   e foi o primeiro presidente da República da Angola”, lembrou.

Esta inauguração, segundo o diplomata, é um sinal da vontade do povo cabo-verdiano em estreitar as relações entre os dois países, lembrando que em menos de um ano, o presidente da Angola, João Lourenço, visitou Cabo Verde por duas ocasiões.

“Veio para a investidura de José Maria Neves e no passado e em Março para um visita oficial, onde foram assinados vários acordos, entre os quais o acordo de promoção e protecção recíproca de investimento”, detalhou a embaixadora.

António Agostinho Neto nasceu a 17 de Setembro de 1922, em Icolo e Bengo (Angola), e faleceu a 10 de setembro de 1979, em Moscovo, Rússia.

Foi Presidente do Movimento Popular de Libertação de Angola e em 1975 tornou-se o primeiro Presidente de Angola até 1979. Em 1975-1976 foi-lhe atribuído o Prémio Lenine da Paz.

No dia 17 de Setembro, Angola celebra o Dia do Herói Nacional, comemorando o dia em que Agostinho Neto nasceu.

OM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos