Praia: Estudo de cateterização de resíduos aponta para aumento considerável de lixos sanitários

Cidade da Praia, 15 Jun (Inforpress) – Dados parciais do estudo de caracterização de resíduos no concelho da Praia, apresentados hoje num workshop sobre reciclagem e organização de sector de resíduos, apontam para um aumento “considerável” de lixos sanitários.

De acordo com a directora do saneamento da Câmara Municipal da Praia, Neusa Brito, o estudo, realizado com base numa amostragem de Março, demonstrou um “aumento significativo” das fraldas de adultos quando comparado com a última caracterização realizada em 2015.

“Em 2015 o nosso mercado ainda não tinha tanta disponibilidade deste produto. Isso dá indicação que os nossos idosos agora estão a ter um tratamento mais humanizado, e que o cuidado com os idosos aumentou”, disse, indicando que esse facto trás novos desafios ao sector dos resíduos na capital do país.

Outro dado importante, segundo Neusa Brito, tem a ver com o aumento da fracção “plástico fino” usado nos supermercados.

“Quando fomos ver, notamos que a nossa maior produtora de saco de plásticos praticamente triplicou a sua produção nos últimos cinco anos”, disse a responsável, indicando que esse estudo está em consonância com o desenvolvimento económico do país.

Neusa Brito adiantou que esses dados são importantes uma vez que vão permitir à autarquia praiense fazer um planeamento e saber que destino dar aos resíduos.

Para já indicou que uma forte aposta vai ser feita na reciclagem e neste sentido destacou a colaboração da empresa Caboplast que tem já um sistema de reciclagem.

“Nós estamos a trabalhar muito de perto com eles para uma eventual recolha selectiva e encaminhamento para a reciclagem e reintrodução no ciclo produtivo”, explicou.

O estudo foi apresentado durante um workshop sobre “reciclagem e organização do sector de resíduos”, realizado no âmbito da iniciativa Waste Wise Cities Challenge’, um programa da ONU Habitat, que tem por objectivo apoiar as cidades a nível global para melhorar a gestão de resíduos sólidos e que se encontra focado em quatro áreas de acção.

Dados e monitoramento de resíduos, partilha de conhecimentos de boas práticas, advocacia e educação e projectos de mobilização e recursos para projectos transformativos que visem valorizar e aproveitar os resíduos são essas áreas.

No quadro desse programa, a Câmara Municipal da Praia assinou um protocolo com a Câmara de São Paulo, Brasil, no sentido de promover as trocas de experiências, formação e boas práticas, estando a participar nesse workshop na cidade da Praia uma equipa da Câmara de São Paulo, encabeçada pelo director de Saneamento, Bruno Gabriel.

MJB/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos