Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia: Edilidade garante que infra-estruturas desportivas estão em condições de receber o África Youth Cup

Cidade da Praia, 04 Mar (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, garantiu hoje que todas as estruturas desportivas, na Cidade da Praia, estão em condições de receber o África Youth Cup, aprazado para 19 a 27 de Abril.

Óscar Santos deu essa garantia à imprensa, no final de uma conferência internacional para anunciar a realização deste torneio internacional de futebol masculino e feminino sub 16, que pela primeira vez é realizado em África, pela Sarahama Sports.

Segundo o edil da capital, a Praia tem 15 campos relvados que oferecem “todas as condições” para a realização desta prova, que vai renuir 16 equipas de vários países de África, Europa e Estados Unidos de América.

Para Óscar Santos, Cabo Verde e a Cidade da Praia estão de parabéns porque é a primeira vez que este campeonato de nível internacional vai ser realizado num país africano.

“É um desafio para nós, mas nós temos que avançar, fazendo cosias novas que exigem mais organização, e, obviamente, que vão exigir da câmara municipal e dos outros parceiros, como o Ministério do Desporto, da organização do Estádio Nacional, para que o campeonato tenha sucesso”, assegurou.

Este campeonato, apontou, para além de dar mais visibilidade a nível internacional à “cidade mais kul de África”, será ainda uma oportunidade de os “olheiros internacionais” descobrirem novos talentos.

“Nós sabemos que somos uma população jovem, com muitos atletas que precisam deste tipo de competição porque é assim que se descobre novos talentos e com isso a Praia estará a dar um salto enorme”, sublinhou.

Para além do torneio, o África Youth Cup reservará espaço para a formação dos árbitros, e segundo o edil, isto é “muito bom”, pois é necessário ter toda a “infra-estrutura humana” capaz de organizar qualquer competição a nível internacional.

Por sua vez, o director geral do Desporto, Anildo Santos, afirmou que o Governo não quer que este torneio seja apenas “só mais um”, mas que deixe uma “marca indelével” no desporto de formação, particularmente no futebol.

Anildo Santos disse ainda que este torneio chega numa “boa altura”, isto porque recentemente o Governo aprovou, em Conselho de Ministros, o regime jurídico das escolas de iniciação desportivas que vai mudar o ordenamento jurídico de desporto a nível de desporto de formação.

“De certeza, vai trazer uma porta aos jovens, aos atletas, aos clubes formadores. Ter essa oportunidade, de ter os jovens de todo estes países, vai carecer de uma porta de confiança e também criar ilusão e sonho nestes jovens de diferentes partes do país”, considerou o director, tendo almejado que este evento venha a ser um marco no calendário dos jogos jovens a nível mundial.

Cabo Verde, segundo o Vice-presidente da Federação cabo-verdiana de Futebol, Inácio Carvalho, vai estar representado neste torneio com dois mistos, um de Sotavento e outro de Barlavento.

Países como Nigéria, Costa do Marfim, Mali, França, Portugal, Togo, Benim, EUA e China (a confirmar) vão marcar presença neste torneio juvenil, com destaque para a participação do Sport Club Benfica.

Os jogos, segundo o acordado, vão ser disputados no Estádio Municipal de São Domingos, nos campos de Tira-Chapéu, Pensamento, Achada Grande Frente e São Filipe, de forma que este evento sirva para o desenvolvimento do futebol e o intercâmbio cultural entre as comunidades e os atletas.

AM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos