Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia: Comunidade de Sant´Egídio realiza caminhada para assinalar o dia Mundial da Paz

Cidade da Praia, 01 Jan (Inforpress) – A comunidade de Sant´Egídio promove hoje à tarde, na Cidade da Praia, uma caminhada sob o lema  “Paz em todas as terras 2018”, para assinalar o 51ª dia Mundial da Paz.

A caminhada inicia-se em frente à igreja paroquial na localidade de Vila Nova e termina na praça Alexandre Albuquerque, no Platô, e visa desafiar as pessoas a começarem o novo ano com um passo de paz.

Segundo a organização, na sua página no facebook, nesta caminhada vão reflectir a mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial da Paz 2018, sobre os “Migrantes e refugiados: Homens e mulheres em busca”.

Na sua mensagem publicada no site Vatican News, o Santo Padre reflecte sobre o motivo de haver tantos migrantes e refugiados no mundo e recorda os mais de 250 milhões de migrantes no mundo, dos quais 22 milhões e meio são refugiados, que procuram um lugar onde viver em paz.

“Na mensagem para idêntica ocorrência no grande jubileu pelos 2000 anos do anúncio de paz dos anjos em Belém, São João Paulo II incluiu o número crescente de refugiados entre os efeitos das guerras, conflitos, genocídios e “limpezas étnicas” que caracterizaram o século XX, disse o Papa.

O Papa Francisco explica que, infelizmente, até agora não houve uma mudança no novo século, de forma que os conflitos armados e outras formas de violência continuam causando o deslocamento de populações, dentro dos países ou fora deles.

Outros factores, segundo o Papa, como o desejo de uma vida melhor, também estão na origem das migrações, e para o encontrar, muitos deles estão prontos a arriscar a vida numa viagem que se revela, em grande parte dos casos, “longa e perigosa, a sujeitar-se a fadigas e sofrimentos, a enfrentar arames farpados e muros erguidos para os manter longe da meta”.

“Detendo-se sobre os migrantes e os refugiados, este olhar saberá descobrir que eles não chegam de mãos vazias: trazem uma bagagem feita de coragem, capacidades, energias e aspirações, para além dos tesouros das suas culturas nativas, e deste modo enriquecem a vida das nações que os acolhem”, disse o Papa Francisco na sua mensagem.

A comunidade que nasceu em 1968 marca assim as celebrações no ano do seu primeiro cinquentenário em 2018.

A Comunidade de Sant’Egídio é uma associação internacional pública de leigos, reconhecida pela Igreja Católica e que está presente em mais de 70 países do mundo. São pessoas empenhadas na evangelização e no serviço aos mais pobres, como forma de promover activamente a paz.

Na Praia, a Comunidade de Sant’Egídio está presente desde 2001 e actua no bairro de Safende para crianças, adolescentes e jovens propondo-lhes uma cultura de paz e da não-violência e a valorização da amizade.

Recentemente esta comunidade teve o seu trabalho reconhecido com a atribuição do prêmio direitos humanos 2017 da Comissão Nacional dos Direitos Humanos e a Cidadania, na categoria promoção da cultura da paz aos movimentos jovens pela paz.

A comunidade desenvolve ainda outras actividades, como oração semanal aberto a todos, palestras nas escolas secundárias e universidades, caminhadas/concentração para assinalar datas importantes, nomeadamente o dia Mundial da Paz, focando na necessidade de humanizar a cidade.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos