Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia: Autarca diz respeitar medidas do Governo que suspendem celebrações culturais

Cidade da Praia, 11 Jan (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, disse hoje respeitar as medidas do Governo que suspendem as celebrações culturais, realçando que foram tomadas por autoridades sanitárias especialistas em diversas áreas.

Convidado a reagir sobre as medidas anunciadas terça-feira pelo Governo, que este ano voltou a cancelar todas as actividades do Carnaval no País, justificando com o “aumento exponencial” de casos de covid-19 no arquipélago, o presidente da CMP afirmou que respeita essas medidas porque foram tomadas por autoridades especialistas na área.

“Nesta matéria eu respeito muito as entidades que são especialistas em diversas áreas, porque seguramente estão melhor preparadas e formadas para tomá-las, de maneira que eu acredito que serão as melhores encontradas”, disse.

Aproveitou para apelar às pessoas no sentido de seguirem às riscas as indicações das autoridades sanitárias, fazendo esforço para se vacinarem, de modo a cumprirem as recomendações que neste momento são mais adequadas.

As novas recomendações do Governo visam “reverter o quadro epidemiológico” de covid-19 e, sobretudo, “preservar a capacidade de resposta do Sistema Nacional de Saúde”.

Com esta medida, os grupos carnavalescos não podem ensaiar e nem realizar desfiles e apresentação de blocos, e ficam suspensas ainda as festas públicas ou privadas ou ainda em espaços públicos.

Sobre a suspensão do Carnaval, o presidente avançou que na próxima semana a CMP vai reunir-se com os grupos para discutirem quanto ao orçamento para este sector, para ver a aplicação que se vai dar nesta matéria, porque, referiu, o objectivo é fazer com que os grupos carnavalescos não funcionem somente por altura do Carnaval.

Segundo o autarca, a Câmara Municipal da Praia tinha previsto também actividades para assinalar o 13 de Janeiro, uma data que diz ser “importante” para todos os cabo-verdianos, porque foi o dia em que foram realizadas as primeiras eleições multipartidárias no País, mas que devido às novas recomendações sanitárias a CMP viu-se na obrigação de readaptá-las e rever os programas.

ET/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos