Praia: Alunos da Escola Miraflores beneficiados com projecto para gerar soluções criativas (c/áudio)

Cidade da Praia, 09 Jun (Inforpress) – Os alunos do 9º ano do Centro Educativo Miraflores acolheram hoje o projecto ‘KriA_Ason’, que consiste em promover workshops de ‘design thinking’, com o objectivo de criar soluções criativas para o desenvolvimento da cidade da Praia.

Conforme explicou à imprensa a mentora do projecto, o workshop vai ser ministrado por um grupo de oito profissionais voluntários, de diferentes áreas, que durante três dias vão dotar esses adolescentes de capacidades e ferramentas que lhes permitam desenvolver competências para a criação de soluções relativamente às questões sociais da Cidade da Praia.

“Porque os adolescentes possuem um potencial enorme de criatividade, e por isso temos que canalizar as suas energias e suas potencialidades para algo que é bom para toda a comunidade, de modo que sejam capazes de melhorar as suas capacidades, como trabalhar em equipa, de ter mais empatia para os problemas sociais”, fundamentou Hernídia Tavares.

Durante o workshop, os estudantes vão ter a oportunidade de pensar melhor, a nível cognitivo, trabalhar a parte do pensamento criativo em desenvolver soluções que sejam capazes de melhorar os desafios da comunidade.

Pretende-se que no final do workshop os participantes possam desenvolver propostas de projectos, produtos ou programas que sejam soluções inovadoras para desafios actuais da comunidade, contribuindo assim para mudanças significativas, duradouras e sustentáveis em vários sectores.

“Foi neste sentido que seleccionamos este grupo alvo, que são adolescentes, tendo em conta o seu poder criactivo, pois, a sua imaginação vai muito além daquilo que é do adulto. Então, podem ter a probabilidade de ver os problemas de uma outra perspectiva que nós não conseguimos ver no momento”, disse.

Espera-se que no final os alunos sirvam de referência nas suas comunidades, participando activamente na criação de soluções relativamente a questões sociais, como a inclusão, a violência, a segurança, o entretenimento, o meio ambiente e a resiliência.

Segundo Hernídia Tavares, o ponto alto do projecto ‘KriA_Ason’, que conta com o apoio do PNUD, através do Accelerator Lab, é a apresentação dessas soluções às autoridades locais, garantindo o compromisso da sua implementação, sempre que isto for considerado viável.

“Porque nós não queremos que criem projectos e produtos para serem engavetados, pois nenhuma ideia na gaveta é solução, mas pretendemos sim, partilhar com autoridades locais, e esperamos que possam vir a acolhê-los de bom agrado.

Nesta primeira fase, o projecto ‘KriA_Ason’ contempla 90 alunos do 9º ano de escolaridade da Escola Miraflores, mas a ideia é, conforme a sua mentora, levar para todas as escolas, desde que haja abertura para isso.

A directora pedagógica do Centro Educativo Miraflores, Angelita Monteiro, por seu lado, realçou a importância deste projecto para a comunidade educativa, acreditando que vai trazer muitas competências para os alunos.

“Um jovem com potencialidade, é mais concentrado, foca no que é mais importante, então o objectivo é que os nossos alunos possam desenvolver mais competências, primeiro para ajudá-los a fazer uma boa gestão individual, mas também para partilharem essa boa gestão, não só para a comunidade educativa, mas com todos”, sublinhou.

Afirmou que é com muita alegria e com grande bênção que abraçaram esta iniciativa, salientando que tudo aquilo que vai ao encontro, no sentido de desenvolver competências dos seus alunos, será sempre uma mais valia.

ET/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos