Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia acolhe terceira missão empresarial alemã de energia incluindo simpósio germano-cabo-verdiano

 

Cidade da Praia, 08 Mai (Inforpress) – A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã (CCILA) realiza ente hoje e sexta-feira, na Praia, a III Missão Empresarial Alemã de Energia a Cabo Verde, incluindo III Simpósio Germano-Cabo-verdiano de Energia e reuniões bilaterais entre empresas/entidades dos dois países.

Segundo informações da Cabo Verde TradeInvest (CVTI), no Simpósio do dia 9, no Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI) na Cidade de Praia, os participantes poderão obter em primeira mão informações sobre as tecnologias na área da gestão de redes e diversificação de armazenamento já aplicadas na Alemanha.

Neste evento de terça-feira, as empresas alemãs da comitiva apresentarão os seus produtos e serviços, bem como possíveis oportunidades de cooperação e negócios com empresas em Cabo Verde.

As reuniões bilaterais entre os participantes alemães e potenciais parceiros cabo-verdianos, acontecem durante os dias 10, 11 e 12, segundo a mesma fonte.

Esta iniciativa é organizada em parceria com a Direção Nacional de Energia, Indústria e Comércio (DNEIC) do Ministério da Economia e Emprego (MEE), a Cabo Verde TradeInvest e a consultora alemã RENAC (Renewables Academy), contando com o apoio das Câmaras de Comércio e Indústria de Sotavento (CCISS) e de Barlavento (CCB) e do Centro de Energias Renováveis e Eficiência Energética da CEDEAO (ECREEE, na sua sigla em inglês).

Atualmente, Cabo Verde encontra-se numa transição energética. O objectivo é obter um melhor aproveitamento de energias renováveis e a sua integração na rede elétrica, existindo por isso um elevado potencial para a introdução de tecnologias e medidas de gestão de redes e de diversificação de armazenamento.

Por sua vez, a Alemanha é hoje um dos países europeus pioneiros nessa matéria, lembra a mesma fonte.

Em Maio de 2013 empresários cabo-verdianos e alemães ligados ao sector de energias renováveis reuniram-se também na Cidade da Praia, com o objectivo de discutir projectos e parcerias para futuros investimentos.

Um encontro idêntico foi também promovido em Junho de 2016 com o objectivo de debater sobre o sector da energia, nomeadamente a renovável.

Neste momento, Cabo Verde já utiliza 25% de energias renováveis na rede. A meta do Governo é chegar a 50% até 2020.

Um estudo de viabilidade, desenvolvido pelo Governo em parceria com a Cooperação Alemã, para a materialização do projecto Cabo Verde 100 por cento de energias renováveis, mostra que tecnicamente é possível o arquipélago conseguir alcançar esse objectivo.

Actualmente já estão em funcionamento no arquipélago quatro parques eólicos nas ilhas de São Vicente, Santiago, Sal e Boa Vista.

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos