Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Praia acolhe reunião do comité ministerial de gestão e experts do projecto corredor Praia-Dakar-Abidjan (c/áudio)

Cidade da Praia, 19 Mar (Inforpress) – A Cidade da Praia acolhe quinta-feira a primeira reunião do comité ministerial de gestão e experts do projecto corredor Praia-Dakar-Abidjan, que visa a criação de infra-estruturas de conexão entre todos os países da CEDEAO.

O encontro que reúne técnicos e ministros de Cabo Verde, Costa de Marfim, Gâmbia, Guiné-Bissau, Guiné Conakry, Serra Leoa, Libéria e Senegal é precedida da reunião de técnicos especialistas que arrancou hoje com duração de dois dias.

Segundo o presidente do comité técnico, Mamadou Camara, o encontro tem na agenda a revisão do progresso de implementação do programa, a discussão e a projecção da componente ligação marítima, a revisão do cronograma de implementação e a conclusão da elaboração dos termos de referência para a realização de estudos de preparação do projecto.

Mamadou Camara considera que essa reunião da Praia vai permitir traçar as linhas gerais entre os diferentes países e favorecer a emergência técnica do projecto, depois de no mês de Junho os técnicos terem iniciado a elaboração dos termos de referência relativos ao desenvolvimento desse corredor.

“Outras actividades já foram realizadas pelo que essa reunião da Praia visa essencialmente fazer o ponto da situação das actividades com os parceiros financeiros, nomeadamente o BAD, o BADEA”, disse realçando, sobretudo, para a componente marítima que, conforme indicou, representa “um elemento importante dessa cadeia”.

O programa de desenvolvimento do corredor Praia-Dakar-Abdjan, prevê a criação de infra-estruturas de conexão em transporte entre os países da CEDEAO, nomeadamente uma autoestrada entre Dakar e Abidjan e a criação de capacidades para uma boa ligação marítima entre Cabo Verde e o continente através do Porto de Dakar.

Para o secretário de Estado de Economia Marítima de Cabo Verde, Paulo Veiga, que presidiu à abertura da reunião técnica, esse é “certamente” um dos maiores projectos de infraestruturação e integração da região oeste africana.

Na sua perspectiva, a execução do mesmo vai proporcionar à comunidade regional de países a oportunidade primeira de promover a verdadeira integração dos Estados membros, em todas as suas vertentes.

“O reforço desse processo de integração é hoje uma condição central na construção de uma plataforma sólida e de convergência de interesse para que a nossa regional possa assumir no plano internacional como um verdadeiro centro de soluções globais”, sustentou.

Segundo o governante cabo-verdiano, um sistema integrado de transporte assegurará “de certo” uma maior e melhor articulação regional, melhores sinergias entre os fluxos e as redes no espaço e melhor intermediação entre produtores e mercados, reduzindo os custos e minimizando o tempo entre a produção e distribuição do produto, assim como a satisfação das necessidades económicas sociais e cooperativas.

“Esses objectivos vão permitir a redução significativa dos custos de transportes e tempo de trânsito aumentando de forma muito positiva a competitividade da economia de todos os países regionais, proporcionado ainda o incremento do investimento a redução da pobreza”, realçou Paulo Veiga.

Neste sentido adiantou que Cabo Verde enquanto país arquipelágico, membro da CEDEAO e parte do corredor vai ver a sua economia ter a oportunidade de usufruir de forma eficiente de todo o mercado da região e como parte integrante do programa e no quadro das suas obrigações com a comunidade dará todo o apoio necessário para a boa execução desse projecto.

O encontro conta com a presença do Comissário da CEDEAO para as Infra-estruturas, Pathe Gueye.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos