PR endereça nota de pesar a Vladimir Putin pelo falecimento de Mikhail Gorbachev

Cidade da Praia, 01 Set (Inforpress) – O Presidente da República, José Maria Neves, endereçou hoje ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, uma nota de pesar pela morte de Mikhail Sergeevich Gorbatchev, antigo Presidente da antiga União Soviética e Nobel da Paz.

Na missiva, o Presidente da República manifestou, em seu nome pessoal e do Estado de Cabo Verde, “profunda consternação” pelo passamento físico de “um grande estadista, que empreendeu reformas extraordinárias no seu país e no mundo, e defensor intransigente do multilateralismo e da paz”.

“Falecido na noite da última terça-feira, aos 91 anos de idade, vítima de doença prolongada, Mikhail Gorbachev será, para sempre, recordado como o último Presidente da União Soviética e o homem por detrás do fim da Guerra Fria que opôs os blocos ocidental e soviético entre 1947 e 1991. Um reconhecimento que lhe valeria o Prémio Nobel da Paz em 1990”, lê-se numa nota publicada pela Presidência da República.

O último presidente da União Soviética vivia longe dos holofotes dos ‘media’ há anos, devido a problemas de saúde.

Como último líder da União Soviética, travou uma batalha perdida para salvar um império fragilizado, mas produziu reformas extraordinárias que levaram ao fim da Guerra Fria.

O antigo secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética (PCUS), entre 1985 e 1991, desencadeou uma série de mudanças que resultaram no colapso do Estado soviético autoritário, na libertação das nações do Leste Europeu do domínio russo e no fim de décadas de confronto nuclear Leste-Oeste.

Gorbachev ganhou o Prémio Nobel da Paz em 1990 pelo seu papel no fim da Guerra Fria e passou os seus últimos anos a coleccionar elogios e honras em todo o mundo, contrariando a visão da Rússia, onde era desprezado.

GSF/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos