Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PR diz que visita à Ribeira Grande permitiu “reactualizar” dados sobre situação do município

Ribeira Grande, 15 Set (Inforpress) – O Presidente da República (PR), Jorge Carlos Fonseca disse hoje, em Santo Antão, que a visita ao concelho da Ribeira Grande permitiu-lhe “reactualizar” os dados e elementos que tinha sobre a situação do município. 

Jorge Carlos Fonseca, que falava à imprensa no final da sua visita ao município da Ribeira Grande, salientou que durante o encontro com o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Orlando Delgado fez-lhe um “relato exaustivo” do que é situação do município na sua perspectiva seja no plano económico, social e sanitário. 

“Retive dessa exposição, algumas preocupações nomeadamente repetindo o que me foi colocado no Porto Novo, o presidente da CMRG disse que urge criar condições para se executar o projecto de água e saneamento já que, apesar de Ribeira Grande ser um dos municípios com maior taxa de ligação domiciliaria, falta água em muitas localidades o que gera muitas preocupações”, enfatizou o Presidente da República. 

Neste sentido, o Chefe de Estado assegurou que “leva essas preocupações” além do projecto de água e saneamento também o do desembargo aos produtos agrícolas. 

O Presidente da República frisou ainda que, na “visão” do presidente da CMRG, o desenvolvimento da ilha não passa apenas pela agricultura e criação de gado. 

“Para Orlando Delgado o turismo tem um papel importante e para isso o aeroporto pode desempenhar um papel importante para o desenvolvimento de toda a ilha de Santo Antão”, acentuou Jorge Carlos Fonseca. 

Quanto a situação sanitária de combate à covid-19, Jorge Carlos Fonseca declarou-se “satisfeito” porque pôde constatar que o concelho da Ribeira Grande está a “rimar” com o processo de vacinação. 

“Creio que a taxa de vacinação na Ribeira Grande aproxima-se dos 100 por cento (%) com a primeira dose e a segunda dose vai num ritmo bem acelerado”, constatou Jorge Carlos Fonseca. 

LFS/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos