Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PR deseja que Tarrafal amplie cobertura vacinal e dê “salto qualitativo” no seu desenvolvimento em 2022 (c/áudio)

Tarrafal, 14 Jan (Inforpress) – O Presidente da República desejou hoje que o Tarrafal amplie a cobertura vacinal e que o município, com “enormes potenciais” turísticos, culturais e patrimoniais, dê um “salto qualitativo” no seu desenvolvimento em 2022.

José Maria Neves, que presidia à sessão solene do Dia do Município e do santo padroeiro, Santo Amaro Abade, comemorado a 15 de Janeiro, reforçou o apelo à vacinação em Santiago Norte, em particular no Tarrafal, cuja taxa está inferior a 70 por cento (%).

“Esta luta, que é do país como um todo, exige de cada município uma responsabilidade própria, na melhor articulação com as autoridades sanitárias nacionais e, no caso do Tarrafal, imputa-lhe uma missão redobrada no sentido de ampliar a cobertura vacinal tanto no município como em todo Santiago Norte, região do país onde as taxas de cobertura têm estado aquém da média nacional”, declarou o Chefe de Estado.

Não obstante o momento festivo que se vive neste município do interior de Santiago, o mais alto magistrado da Nação alertou que a ocasião “é também de reflexão e de acção mais incisiva e eficaz na luta contra a pandemia”.

Este novo ano, segundo a mesma fonte interpela ao “salto qualitativo” de desenvolvimento local do Tarrafal que, lembrou, tem “enormes potenciais turísticos, culturais e patrimoniais”, para além de capacidade para fazer mais e, sobretudo, fazer melhor em termos da agricultura, da pecuária e da pesca.

Neves, que apontou a necessidade de se apostar nas potencialidades do Tarrafal, não tem dúvidas de que se tal acontecer vai optimizar a região de Santiago Norte para uma activa participação na criação da riqueza nacional e melhor distribuição social do rendimento, invertendo o alto índice do desemprego, da pobreza e da extrema pobreza.

“Para este salto qualitativo que desafia os tarrafalenses, em particular a sua câmara municipal, as parcerias institucionais, políticas e intermunicipais são determinantes, como serão cruciais o ‘djunta-mon’ (união de esforços) com a sociedade civil e os diversos segmentos das forças vivas, algumas delas na emigração e entre os parceiros estrangeiros. Tarrafal tem de ir ao mundo e trazer o mundo ao Tarrafal”, aconselhou.

Durante a sua intervenção, o mais alto magistrado da Nação disse esperar ver neste seu mandato a candidatura do antigo Campo de Concentração a Património Mundial da Humanidade, junto à Unesco, assim como o alargamento do Museu da Resistência, numa sinergia com parceiros angolanos, bissau-guineenses e portugueses.

Na ocasião, disse ainda que compartilha do sonho e da ambição dos tarrafalenses “em transformar Tarrafal num dos grandes pontos de interesse turístico cabo-verdiano”.

“Para tanto, temos de pensar juntos e, sobretudo, pensar juntos na requalificação dos espaços, na melhoria das condições de saneamento, na operacionalização de um plano director de desenvolvimento e, naturalmente, reivindicar a integração efectiva e activa no Plano do Desenvolvimento Turístico Nacional, assim como na educação e na capacitação dos recursos humanos locais”, observou.

“Temos de construir o futuro hoje no Tarrafal, vencendo a pandemia, melhorando as condições sanitárias, as condições de vida e de participação de todos. Este momento é uma oportunidade para, mau grado todas as dificuldades, reafirmarmos que a vontade de desenvolver Tarrafal está bem viva”, notou José Maria Neves.

“O sucesso está ao nosso alcance. Dependerá, em grande medida, de nós, da câmara municipal e dos munícipes, dos tarrafalenses. Estou certo de que estaremos à altura deste desafio e desta responsabilidade”, reforçou.

O Presidente da República conclui a sua intervenção desejando que as comemorações do Dia do Município do Tarrafal e do seu santo padroeiro, Santo Amaro Abade, corram da melhor maneira possível, com toda a segurança sanitária necessária e com o devido cumprimento das regras sanitárias por parte de cada um.

FM

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos