Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PP apoia decisão do Governo sobre a TACV embora considere que a intervenção veio já um pouco “tardia”

 

Cidade da Praia, 28 Mai (Inforpress) – O Partido Popular de Cabo Verde (PP) manifestou hoje o seu apoio à decisão do Governo sobre a transportadora aérea TACV afirmando se tratar de um “caminho” para a resolução dos problemas, embora considerando já um pouco “tardia” a decisão.

Segundo Amândio Barbosa, que falava em declarações à Infropress, após a reunião quinzenal do seu partido para reflexões sobre questões da actualidade, a TACV é uma empresa problemática que só acumulava prejuízo ao Estado.

“TACV é uma empresa falida, que de 2004 a 2016, em termos de prejuízos acumulados, levou o Estado de Cabo Verde a gastar 12 milhões de contos. Logo, qualquer solução, mesmo que as pessoas digam que seja companhia de bandeira, temos de compreender a realidade das coisas”, afirma.

Amândio Barbosa, avançou por outro lado à Inforpress, que na reunião de hoje do PP foi decidido uma deslocação, para o mês de Julho, às ilhas de São Vicente e Santo Antão visando a identificação de uma representação, visto que o partido quer ter uma abrangência mais nacional.

No que respeita à campanha informativa realizada sábado junto da população dos bairros de Lém Ferreira, Paiol e Lém Cachorro, Barbosa considerou ter sido “muito positiva” visto que foram “bem-recebidos” pela população.

“Devido a esta campanha junto da população, lançamos um repto ao primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que ganhou as eleições, a fazer uma visita aos bairros da capital para medir a pulsação da frustração que o povo está a sentir com a sua governação”, disse, alertando Correia e Silva a ter em conta a realidade do país.

PC/FP

Infropress/fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos