Portugal pretende transformar Cabo Verde num “hub” de formação para valorizar competências das pessoas

Cidade da Praia, 19 Out (Inforpress) – Portugal pretende transformar Cabo Verde num “hub” de formação para valorizar as competências das pessoas, no quadro do novo memorando de entendimento sobre a mobilidade laboral, assinado hoje na Cidade da Praia.

A intenção foi manifestada pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal, Ana Mendes Godinho, após a assinatura do documento, também rubricado pelo seu homólogo cabo-verdiano Fernando Elísio Freire.

“Há uma grande preocupação, subscrita no acordo, de assumir um investimento estratégico de Portugal em afirmar Cabo Verde em um “hub” de formação, com a capacidade de valorizar e dar competências às pessoas e que possibilitem a sua melhor integração no mercado de trabalho”, explicou a governante portuguesa.

Ana Mendes Godinho precisou que o objectivo é investir em áreas de formação que sejam críticas e do interesse de Portugal e de Cabo Verde,  no sentido de qualificar as pessoas e, consequentemente, a valorização dos seus rendimentos.

“Na última década, Portugal  investiu em Cabo Verde um valor que ultrapassou os 20 milhões de euros,  direcionado, essencialmente, para a área social e o que assumimos hoje, como compromisso, é um investimento em áreas de formação que sejam críticas e do interesse dos dois países”, justificou.

Cabo Verde e Portugal assinaram hoje, na Cidade da Praia, um memorando de entendimento sobre a mobilidade laboral, com o objectivo de “simplificar e salvaguardar a “real integração” de pessoas nessa situação.

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal, Ana Mendes Godinho, estará até sexta-feira, 21, em visita oficial ao País com o reforço da cooperação na agenda.

De acordo com uma nota de imprensa enviada à Inforpress, a ministra portuguesa visita Cabo Verde a convite do ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire, que é também titular da pasta do Trabalho.

Ainda hoje, adianta a mesma fonte, realiza-se um encontro de trabalho com a Direcção Geral do Trabalho e com a Inspecção Geral do Trabalho, em que vão ser abordados assuntos com destaque para a cooperação bilateral entre as direcções do Trabalho de Cabo Verde e de Portugal, a reforma do Código Laboral Cabo-verdiano e a Reforma Institucional da Inspecção Geral do Trabalho.

Para esta quinta-feira, 20, para além da visita ao Centro de Emprego e Formação Profissional da Praia, está agendada uma visita ao Centro de Formação Profissional e Residência Estudantil de Santa Cruz, em Achada Fátima, Pedra Badejo.

Ainda no âmbito da sua visita, Ana Godinho, deslocar-se-á às ilhas de São Vicente e Santo Antão, para conhecer e visitar alguns projectos sociais das autarquias locais e para encontros com associações de cariz social, que têm projectos realizados com o apoio da cooperação portuguesa.

OM/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos