Portugal: Secretário de Estado apresenta experiência de Cabo Verde nos domínios da inovação tecnológica

Lisboa, 22 Jun (Inforpress) – O secretário de Estado da Economia Digital participa hoje e quinta-feira, no Global Innovation Summit (Fórum Global da Inovação), em Cascais, Portugal, para apresentar a experiência de Cabo Verde nos domínios da inovação tecnológica.

Segundo informações do Gabinete de Comunicação e Imagem do Governo, Pedro Lopes irá intervir hoje no painel “The future of learning – innovation in education – O futuro da aprendizagem – inovação na educação).

“Vai apresentar a experiência de Cabo Verde e o trajecto que o país tem feito nestes domínios, nomeadamente focados na pressão que a pandemia da covid-19 veio trazer ao sistema educacional de Cabo Verde transversalmente, e as soluções internas que foram encontradas para dar resposta”, refere a mesma fonte.

Pedro Lopes deverá fazer uma breve resenha dos programas nos quais o país tem ancorado à sua estratégia de ensino para as tecnologias de informação e comunicação, nomeadamente os programas “Aprender e estudar em casa”, “Kode Verd”, “WebLab” e “Code for all”.

O Governo entende a Economia Digital como uma das “grandes prioridades desta governação”, com projectos que considera “estruturantes, tanto na infraestrutura, como no reforço do capital humano”, sendo que a “educação/formação/qualificação são questões-chave”.

O Governo ambiciona elevar o contributo da economia digital no PIB, de os actuais cerca de 6 por cento (%), para perto de 25% no horizonte 2030.

O secretário de Estado vai estar no painel ao lado do director da 42Lisboa, Pedro Santa Clara e da directora executiva da Ciência Viva, Ana Noronha, num evento que reúne formuladores de políticas, inovadores, pesquisadores e investidores para debater o futuro e as tendências mais importantes do ecossistema de inovação.

Segundo a organização, o Global Innovation Summit 2022 é inspirado no Atlântico, suas inovações e como a colaboração em toda a região pode fomentar um futuro mais sustentável e pela presidência portuguesa com o lema Eureka “Inovação para um planeta mais verde, digital e saudável através de uma abordagem colaborativa”.

A Eureka é a maior rede pública mundial de cooperação internacional em pesquisa e desenvolvimento e inovação, presente em mais de 45 países.

Abertura oficial da Global Innovation Summit 2022 será presidida pela ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Elvira Fortunato.

DR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos