Portugal: Embaixador de Cabo Verde acredita numa cooperação entre os dois países sem alteração negativa com novo Governo (c/áudio)

Lisboa, 06 Abr (Inforpress) – O embaixador de Cabo Verde em Portugal, Eurico Monteiro, acredita que com o novo Governo português, que tomou posse há uma semana, não será registado nenhuma alteração negativa na cooperação existente entre os dois países.

“Seguramente, nenhuma alteração demontra em sentido negativo vai se registar, pelo contrário, eu creio que essa cooperação tem sido numa linha evolutiva e em crescendo, explorando novas áreas como acontece com o novo PEC [Programa Estratégico de Cooperação] e apostando em vários sectores que são estratégicos para Cabo Verde”, assegurou o diplomata à Inforpress.

Acrescentou ainda que entre os dois países existe, de facto, uma “cooperação estrutural”, independentemente até dos governos, lembrando que quando se aprovou o PEC 2017-2021, passou-se de um programa de 60 milhões de euros para um programa de 20 milhões de euros.

“E agora, no dia 07 de Março aprovou-se um outro importante PEC 2022-2026, quando o Governo português estava em período de transição, com o mesmo primeiro-ministro e basicamente com o mesmo elenco governativo, pelo menos na sua estrutura (…). É uma indicação muito segura de que não só este programa vai ser executado, como também existe uma linha de continuidade e até evolutiva no sentido favorável, ou seja, do reforço das relações entre os dois países”, frisou.

O Governo português tomou posse há uma semana, numa cerimónia no Palácio da Ajuda, em Lisboa, com António Costa a liderar um Governo com maioria absoluta, prometendo “modernização com solidariedade social”, mudança do modelo de salários baixos que existe em Portugal, assegurar o crescimento e o desenvolvimento do país.

O novo Governo de Portugal tomou posse dois meses depois das legislativas de 30 de Janeiro, passando a ser o XXIII Governo Constitucional, o terceiro chefiado por António Costa, do PS desde 2015.

Para além do primeiro-ministro, António Costa, o executivo português tem mais 17 ministros e 38 secretários de Estado.

DR/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos