Portugal: Documentário “Cesária Évora” abre programa “IndieMusic” do Festival de Cinema IndieLisboa 

Lisboa, 28 Abr (Inforpress) – O documentário “Cesária Évora”, de Ana Sofia Fonseca, vai abrir o programa “IndieMusic”, da 19ª edição do Festival de Cinema IndieLisboa, que acontece de hoje a 08 de Maio, em Lisboa.  

De acordo com a organização, o documentário que conta a história da artista cabo-verdiana recorrendo a imagens de arquivo, gravações inéditas e testemunhos, e teve estreia no Festival South by Southwest, que decorreu de 11 a 19 de Março, em Austin, nos Estados Unidos. 

A longa-metragem “Cesária Évora”, realizada entre Portugal, França e Cabo Verde, é dedicado à artista cabo-verdiana, também conhecida como a “rainha dos pés descalços”, que se tornou num dos maiores nomes da world music, falecida há 10 anos.  

A produção da Carrossel Produções, feita em parceria com a produtora Até o Fim Do Mundo, conta com edição de imagem de Cláudia Rita Oliveira e direção de fotografia de Vasco Viana, sendo a distribuição mundial de “Cesária Évora” estar a cargo da Cinephil/WestEnd Films.

Nesta edição, o “IndieMusic”, que é uma das secções competitivas do IndieLisboa, com uma selecção de filmes que “fazem a ponte entre a música e o cinema”, irá também contar com filmes sobre Carlos Zíngaro, Patti Smith e Courtney Barnett. 

Da lista completa dos filmes IndieMusic 2022, fazem parte “Cesária Évora”, de Ana Sofia Fonseca, “Anonymous Club”, de Danny Cohen, “Batida Apresenta: The Almost Perfect Dj”, de Pedro Coquenão, “A Escuta”, de Inês Oliveira, “Italo Disco. The sparkling sound of the 80s”, de Alessandro Melazzini e “Laurent Garnier: Off the Record”, de Gabin Rivoire. 

“The Lost Record”, de Alexandra Cabral e Ian F. Svenonius, “Love, Deutschmarks and Death”, de Cem Kaya, “Nothing Compares”, de Kathryn Ferguson, “Patti Smith, Electric poet”, de Anne Cutaia e Sophie Peyrard, “Rewind and Play”, de Alain Gomis, “Songs for Drella”, de Ed Lachman e “Sonosfera Telectu”, de Vasco Bação, Vítor Rua e Ilda Teresa Castro, completam a lista. 

O júri desta 19ª edição do IndieLisboa, que decorre de 28 de Abril a 08 de Maio, é composto pelo radialista Ricardo Mariano, a artista visual e compositora Diana Policarpo e a artista multidisciplinar Francisca Salema, também conhecida por Sallim. 

DR/AA

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos