Portugal: ACM recebe técnicos da Alta Autoridade para a Imigração de Cabo Verde no âmbito do projecto Coop4Int

Lisboa, 24 Nov (Inforpress) – Técnicos da Alta Autoridade para a Imigração terminam, esta sexta-feira, 25, uma visita de estudo de uma semana ao Alto Comissariado para as Migrações de Portugal, no âmbito do projecto Coop4Int, apurou hoje a Inforpress em Lisboa.

De acordo com informações facultadas pelo Alto Comissariado para as Migrações (ACM), a visita que começou na segunda-feira, 21, é a primeira no âmbito do projecto Coop4Int – Reforço da Integração de Migrantes através da Cooperação entre Portugal e Cabo Verde e envolve visitas ao Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes (CNAIM) de Lisboa e a entidades parceiras.

Nesta visita, os seis técnicos de diferentes áreas da Alta Autoridade para a Imigração (AAI) têm tido a oportunidade de conhecer diferentes áreas e serviços do ACM, o trabalho desenvolvido por este instituto português e formação em contexto de trabalho, com o objectivo de conhecer os métodos e serviços existentes actualmente em Portugal para a promoção da integração de migrantes.

Conforme a mesma fonte, os cabo-verdianos também estão a ter a oportunidade de ter formação específica em cada área de actuação, nomeadamente na comunicação, área financeira, serviços de atendimento, entre outras.

O Coop4Int é um projecto que tem como objectivo “reforçar as capacidades institucionais de Cabo Verde e os mecanismos de integração dos imigrantes na sociedade cabo-verdiana, fortalecendo, simultaneamente, as prioridades definidas no quadro de cooperação entre ambos os países”.

O projecto que se iniciou a 01 de Dezembro de 2021 e tem a duração de 37 meses, é coordenado pelo Alto Comissariado para as Migrações de Portugal, tendo como parceiros a Alta Autoridade para a Imigração de Cabo Verde, o Instituto Universitário de Lisboa e o Instituto Politécnico de Bragança.

O Coop4Int tem o apoio financeiro da União Europeia, contratualizado pelo Centro Internacional de Desenvolvimento de Políticas Migratórias (ICMPD) através da Mobility Partnership Facility (MPF).

Os objectivos do projecto encontram-se alinhados com o IIº Plano de Acção para a Imigração e Inclusão Social de Imigrantes, em vigor em Cabo Verde, que visa reforçar os mecanismos de acolhimento, regularização e inclusão social dos imigrantes, através de uma acção integrada dos serviços públicos centrais e locais, privados e sociedade civil organizada, para reduzir riscos e vulnerabilidades e potenciar os efeitos positivos da imigração para o arquipélago.

DR/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos