Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Vinte famílias com rega gota-a-gota no quadro do projecto sobre agricultura urbana de Lajedinho

Porto Novo, 02 Abr (Inforpress) – As vinte famílias beneficiárias do projecto sobre a agricultura urbana em Lajedinho, na cidade do Porto Novo, Santo Antão, terão, ainda em Abril, à sua disposição, um sistema de rega gota-a-gota, financiado no âmbito do Poser.

O Poser (programa de promoção de actividades socio-económicas), financiado pelo Fundo Agrícola Internacional (FIDA), está a cargo do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), que já assinou o contrato com a empresa que vai fornecer, ainda no decorrer deste mês, os equipamentos.

Este é o segundo projecto sobre agricultura urbana desenvolvido no Porto Novo, o qual abrange 20 famílias que, nos últimos meses, têm estado a preparar os terrenos, doados pela Câmara Municipal do Porto Novo, para o incremento da actividade agrícola.

Em Lajedinho já existe um furo que vai ser equipado com painéis solares, agraves do programa de mitigação da seca.

Ainda no quadro do Poser, o MAA assinou, também, o contrato para a instalação de rega gota-a-gota em Alto Mira, interior do Porto Novo, segundo o delegado deste ministério, adiantando que este vale está a ser contemplado com um outro projecto sobre rega localizada, no âmbito do programa de segurança alimentar.

Com ambos projectos, que abarcam “dezenas” de agricultores, Alto Mira, um dos mais importantes vales agrícolas de Santo Antão, passará a ter uma cobertura de 80 por cento (%) com rega localizada, permitindo assim uma maior rentabilização de água e, logo, um aumento de produção agrícola, avançou Joel Barros.

Também, 80 agricultores em Ribeira das Patas e Ribeira dos Bodes, vão poder, “dentro de pouco tempo”, rentabilizar água disponibilizada para irrigação e aumentar a produção, com a modernização do sistema de arrogação.

Segundo o delegado do MAA no Porto Novo, os projectos de instalação de sistemas de rega localizada nesses vales estão na fase de concurso, podendo, “dentro de pouco tempo”, ser implementados.

A instalação de sistema de rega gota-a-gota em todos os vales agrícolas no Porto Novo constitui, nesta altura, segundo este responsável, um dos principais desafios que se coloca à agricultura neste concelho, depois de “importantes” investimentos realizados na mobilização de a água.

Além da modernização do sistema de irrigação, a agricultura no Porto Novo enfrenta outro desafio que se prende com o mercado, segundo os produtores, uma posição partilhada pelo delegado do MAA, que tem defendido o levantamento do embargo imposto, há 35 anos, aos produtos agrícolas de Santo Antão.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos