Porto Novo/Tarrafal de Monte Trigo: Produtores agrícolas querem colocar inhame e mandioca em todo o arquipélago

Porto Novo, 13 Jun (Inforpress) – O presidente da Associação dos Agricultores do Tarrafal de Monte Trigo, em Santo Antão, disse hoje que os produtores agrícolas desta localidade têm como meta colocar os seus produtos em todas as ilhas de Cabo Verde.

Odorico Lopes explicou que com a instalação ainda este ano de um entreposto agrícola no Tarrafal de Monte Trigo para tratamento, embalagem e comercialização dos produtos, os produtores vão poder exportar para todo o território nacional e “quiçá para fora do País”.

Este responsável disse acreditar que com o apoio técnico do Ministério da Agricultura e Ambiente e de outros parceiros, como o Centro de Estudos Rurais e Agricultura Internacional de Espanha, é possível fazer chegar a todas as ilhas o inhame e a mandioca, além de outros excedentes.

Mesmo sujeitos ao embargo por causa da praga dos mil pés, os produtos agrícolas de Santo Antão podem ser comercializados em todo o território nacional, uma vez tratados através dos entrepostos agrícolas que estão a ser instalados nesta ilha, acredita este agricultor.

Já existe um entreposto na Ribeira da Cruz e ainda em 2022 vão ser instalados mais duas unidades no Tarrafal de Monte Trigo e no Paul para tratamento, embalagem e comercialização de excedentes.

Enquanto isso, os agricultores no Tarrafal de Monte Trigo pensam, em Agosto, promover uma feira de produtos agrícolas na zona, certame que poderá contar ainda com produtos da pesca, uma vez que esta zona tem “grande potencial” a nível da pesca, segundo o produtor agrícola, Elísio Medina.

O Centro de Estudos Rurais e Agricultura Internacional de Espanha já manifestou a sua disponibilidade para apoiar na organização da feira, avançou a mesma fonte.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos