Porto Novo: Tarrafal de Monte Trigo com um dos mais inovadores sistemas de cultivo do inhame – produtores

Porto Novo, 19 Mai (Inforpress) – Tarrafal de Monte Trigo, em Santo Antão, um dos maiores produtores do inhame (colocasia esculenta) em Cabo Verde, com uma produção à volta de 700 toneladas/ano, dispõe, actualmente, de um dos mais inovadores sistema de cultivo deste produto.

Quem o admite são os produtores, que explicam que o cultivo, muito incrementando nos últimos anos, faz-se a partir de sistemas impermeáveis, que permitem a irrigação dos diversos canteiros sem desperdício de água, facto que tem dado “um grande impulso” a esta cultura, nessa zona.

Por isso, o cultivo do inhame no Tarrafal de Monte Trigo, “vai de vento em popa”, segundo produtores, que antevêem “boas perspectivas” para esta cultura, apesar de dificuldades de mercado.

Alguns parceiros, entre os quais o Ministério da Agricultura e Ambiente e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) têm vindo a apoiar os produtores no incremento da cultura do inhame, através de projectos que têm permitido alargar a área de cultivo, com impacto no aumento da produção.

A falta de mercado constitui, nesta altura, a maior preocupação dos agricultores, que têm estado a pedir ao Governo o fim do embargo imposto, desde 1984, aos produtos agrícolas de Santo Antão, devido à praga dos mil-pés.

Os produtores de Tarrafal de Monte Trigo, zona ainda sem essa praga, querem fazer chegar o inhame à ilha de Santiago, onde este produto tem “excelente mercado”, garantem.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos