Porto Novo: Safra de batata comum coincide  com entrada em funcionamento do entreposto agrícola

Porto Novo, 23 Jan (Inforpress) – Os produtores da batata comum dos diferentes vales de Santo André, no Porto Novo, preparam-se para a colheita, a partir de Fevereiro, data que coincide com a entrada em funcionamento do entreposto agrícola, instalado em Ribeira da Cruz.

Os 300 produtores da Ribeira da Cruz, Martiene, Chã de Norte, Chã de Branquinho e Jorge Luís, que estão esperançados numa boa safra de batata comum este ano e vão poder assim começar a exportar os produtos para mercados turísticos nacionais, graças ao entreposto agrícola.

Um técnico ligado ao entreposto agrícola, que além do tratamento deverá ocupar-se da embalagem e sa comercialização dos excedentes, assegurou que as condições estão criadas para a operacionalização deste espaço, esperando-se apenas pela colheita de batata comum, já a partir do próximo mês.

Além da aquisição de um carro apropriado para o transporte dos produtos, foi já concluída a formação de um grupo de mulheres a nível de manuseio dos produtos.

Segundo os agricultores, o projecto, que tem como parceiros o Global Environment Facility (GEF), o Ministério da Agricultura, a câmara do Porto Novo e o Centro de Estudos Rurais e Agrícolas Internacional (CERAI), em Espanha,  visa a valorização dos produtos desses vales, facilitando, assim, a comercialização nos mercados turísticos nacionais.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos