Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Ribeira das Patas acolhe feira de saúde para despiste de cancro, VIH e diabetes

 

Porto Novo, 03 Dez (Inforpress) – Setenta e três rastreios de cancro de colo de útero, outros tantos de cancro de mama e 45 despistes de cancro de próstata é o balanço da feira de saúde realizada, sábado, em Ribeira das Patas, no Porto Novo.

A feira de saúde, que resultou de uma parceria entre a câmara do Porto Novo, Associação Cabo-verdiana da Luta Contra o Cancro e a Delegacia de Saúde deste concelho, incidiu no despiste de cancro do colo do útero, de mama, e de próstata, mas, também, do HIV-SIDA, de citologias, diabetes e hipertensão arterial.

A feira permitiu aos profissionais de saúde realizarem ainda 50 análises para despistes do VIH- SIDA, 84 rastreios de hipertensão arterial e outros tantos de diabetes.

Esta foi a quarta feira de saúde promovida, entre os finais de Novembro e os primeiros dias Dezembro, em Santo Antão, numa parceria das câmaras municipais, Associação cabo-verdiana de Luta contra o Cancro e delegacias de saúde da ilha, visando facilitar o acesso à saúde às comunidades rurais.

Em Ribeira Grande e no Paul, nas duas feiras realizadas, registaram-se mais de duas centenas de consultas para despiste de cancro de próstata, número considerado “recorde” em feiras de saúde, pela Associação Cabo-verdiana da Luta Contra o Cancro.

Essa associação, criada há uma década, mostra-se, também, “satisfeita” com a adesão dos homens às consultas de próstata, nas duas feiras promovidas no Porto Novo, nesses últimos dias.

Além de Ribeira das Patas, a localidade da Ribeira da Cruz , também, recebeu uma feira de saúde, que teve ainda a parceria dos profissionais de saúde naturais e descendentes da freguesia do Santo André.

A câmara do Porto Novo enalteceu, igualmente, o envolvimento das pessoas à volta das feiras de saúde, que têm sido realizadas, com alguma regularidade, um pouco por todo o concelho.

Trata-se de iniciativas que, segundo a edilidade porto-novense, vão ter continuidade, pelo impacto que têm tido em termos de melhoria do acesso das comunidades rurais à saúde, sobretudo às especialidades.

JM/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos