Porto Novo: Projecto sobre a agro-ecologia nas áreas protegidas incentiva criadores a apostarem na conservação do pasto

Porto Novo, 12 Jan (Inforpress) – O projecto sobre a agro-ecologia nas áreas protegidas em Cabo Verde exorta os criadores no Porto Novo, Santo Antão, a apostarem na conservação de pasto, “um pilar fundamental” na resiliência das comunidades cuja sobrevivência depende da pecuária.

Graças a este projecto, Porto Novo já foi contemplado com um micro-projecto de construção de uma estrutura para a conservação de pasto, conhecida por “meda”, criada em Chã de Feijoal, no Planalto Norte, que pode, segundo a equipa do projecto, ser replicado em outras localidades.

O projecto sobre a agro-ecologia nas áreas protegidas em Cabo Verde informa, através de uma nota, que esta experiência dá segurança aos criadores nos períodos mais secos, em que o pasto natural torna-se escasso e os custos da ração no mercado são elevados.

“As ‘medas’ são criadas a partir de uma base de pedras em cima da qual são colocados fardos ou feixes de palha, que vão se encaixando para adquirir um formato de pirâmide, explica a nota.

O pasto pode ser conservado por muito tempo sem estragar, ao mesmo tempo que mantém grande parte dos seus nutrientes para os animais.

Esta prática surge numa altura em que  abunda o pasto no concelho do Porto Novo.

JM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos