Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Programa de investimentos do MAA contempla intervenções nas infra-estruturas hidráulicas em Chã de Branquinho

Porto Novo, 20 Abr (Inforpress) – O programa de investimentos para 2021 do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) vai contemplar intervenções nas infra-estruturas hidráulicas em Chã de Branquinho, no Porto Novo, em resposta a uma reivindicação dos agricultores locais.

A garantia é do delegado do MAA no Porto Novo, Joel Barros, que assegurou que as levadas e a captação nessa localidade vão ser alvo de obras de recuperação no âmbito do programa de investimentos deste ministério, previsto para o ano em curso.

Os agricultores em Chã de Branquinho, uma das principais zonas agrícolas do concelho do Porto Novo, têm insistido na necessidade de o MAA proceder à recuperação das infra-estruturas hidráulicas, nessa localidade, que estão danificadas “há muito tempo”.  

O porta-voz dos agricultores, Octávio Inocêncio, explicou que a captação de água nessa localidade e as levadas estão cada vez mais degradadas e os lavradores, já por várias vezes, pediram o apoio do MAA na reabilitação dessas infra-estruturas.

“A situação da captação de água e das levadas, sem falar da barragem subterrânea, é cada vez mais preocupante. Estamos a utilizar pequenos pedaços de tubo para conseguir levar água lá onde as levadas estão estragadas”, adianta este agricultor.

A situação da barragem subterrânea, danificada pelas cheias de Setembro de 2016, além dos agricultores, tem sido, igualmente, uma preocupação da Associação de Desenvolvimento de Chã de Branquinho, avançou o líder associativo, Sandro Sousa.

Em relação à barragem subterrânea, o delegado do MAA no Porto Novo admite que esta infra-estrutura hidráulica será recuperada assim que a estrada chegar a Chã de Branquinho, o que pode ainda ocorrer este ano de 2021.

É que, explicou, a estrada vai permitir transportar os equipamentos destinados à reparação dessa barragem, com capacidade para mobilizar até 350 mil metros cúbicos por ano.

Além disso, Chã de Branquinho é uma das zonas que, ainda no decurso deste ano, vão ser abrangidas pelo sistema de rega gota-a-gota, segundo o delegado do MAA, que assegurou que são investimentos já financiados pelo Governo.

Martiene, Covoada de Vassoura e Aldeia do Norte são as outras localidades que vão ser abrangidas com o sistema de micro-irrigação, no quadro do programa de massificação da rega gota-a-gota, a cargo deste ministério.

JM/HF

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos