Porto Novo: População manifesta-se preocupada com o atraso no arranque da reparação das estradas

 

Porto Novo, 01 Mai (Inforpress) – As obras de recuperação das quatro estradas nacionais danificadas no município do Porto Novo, na ilha de Santo Antão, durante as cheias de Setembro de 2016, estão ainda por arrancar e a população na manifesta a sua preocupação por esse facto.

Os munícipes, sobretudo os condutores, começam a interrogar-se sobre a “demora” no arranque das obras de reparação das estradas, que deveria acontecer no mês de Março.

Confrontado com essa situação, o edil Aníbal Fonseca disse ter a garantia de que as obras vão iniciar em breve, estando o empreiteiro a ultimar as condições para a execução dos projectos.

O troço Cidade do Porto Novo/Ponte Sul, Ponte Sul/Ribeira da Cruz, Selada/Alto Mira e Ponte Sul/Tarrafal de Monte Trigo são as estradas contempladas, no município do Porto Novo, no âmbito do programa de reconstrução das infraestruturas rodoviárias em Santo Antão.

No quadro desse programa, financiado pela União Europeia e lançado em Dezembro pelo primeiro-ministro, Santo Antão receberá até Outubro de 2017, investimentos na ordem dos 750 mil contos.

O programa de reconstrução de Santo Antão contempla também a vertente agrícola, cujas obras arrancaram em Março, com a recuperação das infraestruturas hidráulicas, destruídas pela tempestade de 2016.

JM/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos