Porto Novo/Planalto Norte: Unidade de fabrico de queijo em funcionamento até Março de 2020 – responsável

Porto Novo, 24 Nov (Inforpress) – Os criadores de gado do Planalto Norte, no Porto Novo, em Santo Antão, vão ganhar até Março de 2020 uma unidade de produção de queijos, cujas obras de construção estão já “em fase adiantada”.

A garantia é do presidente da Associação Comunitária Luz Verde do Norte, António Lima, que informou que, já em Dezembro, o espaço que receberá essa unidade estará construído, prevendo-se que até ao primeiro trimestre do próximo ano a fábrica já estará instalada e pronta a funcionar.

O projecto tem o financiamento do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, através do fundo GEF-SGP, na ordem dos 370 contos, avançou o líder da Associação Luz Verde do Norte, promotora do empreendimento.

Planalto Norte, que teve já uma fábrica de queijo, construída em 2002, em Bolona, no âmbito da cooperação italiana, entretanto desactivada em 2011, por alegada falta de viabilidade económica, é conhecido pela qualidade do queijo que produz e que, segundo António Lima, está entre “os melhores do mundo”.

Nesse planalto, produz-se, artesanalmente, o queijo fresco, com chancela de património do gosto de 2007 e galardoado, em 2017,  com o prémio Slow Cheese Award pela Fundação Slow Food, com sede em Itália.

Esse planalto é também conhecido pelo queijo curado que produz, considerado um dos melhores do País, o qual já suscita interesse de empresas estrangeiras que actuam neste ramo.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos