Porto Novo/Planalto Norte: Edilidade anuncia abertura de emprego público para acudir 60 chefes de família

Porto Novo, 02 Jul (Inforpress) – As frentes de trabalho vão ser reabertas, a partir da segunda-feira, 06, no Planalto Norte, no município do Porto Novo, para acudir 60 famílias em situação de extrema vulnerabilidade, por causa da seca severa, que custeia essa localidade.

O delegado municipal do Planalto Norte, Manuel Lima, confirmou a reabertura do emprego público nessa localidade por parte da câmara do Porto Novo, que pretende, com esta medida, socorrer as famílias em maiores dificuldades nesse planalto, um dos sítios mais assolados pela seca dos últimos anos.

Planalto Norte foi contemplado, também, com obras do projecto de reordenamento florestal, a cargo do Ministério da Agricultura e Ambiente, que vai permitir a abertura de postos de trabalho nessa zona.

O desemprego, a par da escassez de água, constitui a maior preocupação dos 600 habitantes do Planalto Norte do Porto Novo.

Apesar da câmara municipal assegurar água auto-transportada para consumo doméstico, a população tem enfrentado a situação de penúria, que, porém, está com os dias contados, no quadro do projecto “Nô crê água”, já na fase de implementação.

Este projecto, estimado em 70 mil contos, co-financiado pelo Fundo Internacional e Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e do Fundo Espanhol, através do programa de promoção das actividades socio-económicas rurais (Poser), estará a ser concluído dentro de oito meses.

O projecto consiste na bombagem e distribuição de água ao Planalto Norte, a partir de uma nascente em Ribeira de Escravoerinhos, nas proximidades de Martiene.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Sociedade
Desporto
Politica
Economia
Internacional
    • Categorias

  • Galeria de Fotos