Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo/Perspectivas: Munícipes desejam relançamento da indústria cimenteira para 2021

Porto Novo, 17 Jan (Inforpress) – O relançamento da indústria das pozolanas no município do Porto Novo, em Santo Antão, afigura-se entre os desejos, para este ano, dos porto-novenses, que insistem na reabertura da fábrica de produção do cimento pozolânico, encerrada em 2013.

Os munícipes exortam o Governo e a câmara do Porto Novo para colocarem na agenda para 2021 a redinamização da cimenteira, lamentando a “situação de abandono”, em que se encontra essa indústria.

“Esperemos que, agora em 2021, o Governo e a câmara municipal consigam encontrar formas de relançar esta industria importante para a economia do concelho do Porto Novo”, disse o munícipe José da Luz, que se diz “inconformado” com o “abandono” na fábrica, encerrada há sete anos.

O ministro da Indústria, Alexandre Monteiro, visitou, em Novembro, a cimenteira, no quadro das “diligências” que o Governo e a autarquia têm feito com vista a encontrar “um parceiro estratégico” para relançar esta cimenteira.

A câmara do Porto Novo admite a existência de, pelo menos, dois investidores, um dos quais de origem chinesa, interessados em investir na indústria cimenteira.

A fábrica de cimento pozolânico foi instalada em 2005, por um grupo de investidores italianos, num investimento a rondar os 500 mil contos, acabando por ser encerrada em 2013 por alegados “problemas de mercado”.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos