Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: ONG portuguesa instala “ampla diversidade de culturas” nos campos experimentais

Porto Novo, 04 Jan (Inforpress) – A Associação para a Defesa do Património de Mértola, Portugal, está a instalar “uma ampla diversidade de culturas” nos três campos de experimentação agrícola, criados no Porto Novo, no quadro do projecto agro-florestal de Santo Antão.  

De acordo com o site do projecto, que está a ser implementado em Santo Antão deste Março de 2021, as culturas têm “diversos fins”, com destaque para a alimentação humana, alimentação animal e melhoria da estrutura do solo.

No campo de experimentação do Planalto Leste, através das técnicas para aumentar a matéria orgânica do solo e incremento da actividade biológica, várias culturas estão em pleno desenvolvimento, como purgueira, girassóis, couve e milho.

“Isto demonstra que apesar das dificuldades é possível obter frutos”, refere a mesma fonte.

No âmbito deste projecto, foram instalados três campos de experimentação em Santo Antão, mais precisamente no Planalto Leste, Casa de Meio e no Planalto Norte.

Este projecto, com duração de 20 meses, é promovido pela Associação para a Defesa do Património de Mértola, em parceria com as  associações comunitárias Luz Verde do Norte, Amupal e Jovens agricultores da Casa de Meio.

A Câmara Municipal do Porto Novo, a delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente e a Cooperativa Montado do Freixo do Meio, Portugal, são outros parceiros deste projecto, que visa desenvolver técnicas que ajudem os agricultores a enfrentar as alterações climáticas.

JM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos