Porto Novo: ONG portuguesa capacita agricultores em captação e uso eficiente da água para agricultura

Porto Novo, 27 Abr (Inforpress) – A Associação para a Defesa do Património de Mértola (Portugal) pretende capacitar os agricultores no concelho do Porto Novo, em Santo Antão, com vista a uma “gestão eficiente” da água que se utiliza na agricultura.

Neste quadro, esta organização não-governamental portuguesa promove a 30 de Abril, no Planalto Leste, no quadro do projecto sobre sistemas agro-florestais em Santo Antão, uma formação em captação e uso eficiente de água para os agricultores locais.

O propósito, de acordo nota enviada à Inforpress por esta associação, é “instruir os agricultores a realizar um manejo eficiente” da água utilizada na agricultura.

Esta organização explicou que, ainda no quadro da formação, vai ser construído um reservatório de água para rega gota-a-gota no campo experimental do Planalto Leste, utilizando uma técnica de baixo custo.

Também vai ser feita, ao longo da formação, dirigida pelo engenheiro zootécnico e gestor agrícola Alfredo Sendim, vai-se realizar “uma experiência inovadora em Cabo Verde” com “coccons e hidrogéis”.

“São soluções para assegurar a disponibilidade de água para a produtividade nas parcelas”, nota associação portuguesa que está, há um ano, a implementar o projecto sobre sistemas agro-florestais em Santo Antão, promovido em parceria com as associações das mulheres do Planalto Leste (Amupal), dos jovens agricultores em Casa de Meio e Luz Verde do Norte.  

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos