Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Munícipes pedem que pedidos de passaportes sejam entregues localmente

Porto Novo, 16 Mai (Inforpress) – Os porto-novenses desejam que o processo para a solicitação de passaportes seja entregue na Esquadra da Polícia Nacional, na cidade do Porto Novo, e não no comando regional, em Ribeira Grande, por acarretar “muitos custos”.

O passaporte deixou de ser emitido, desde 2017, no Porto Novo e, ao longo desse tempo, os munícipes têm, insistentemente, demonstrado a sua preocupação, já que têm que se deslocar à Ribeira Grande, percorrendo quase 40 quilómetros de estrada, para solicitar este documento de identificação.

As pessoas, às vezes, preferem ir a São Vicente, com todos os custos resultantes das deslocações.

João Silva, residente da cidade do Porto Novo, disse à Inforpress que a sua filha menor precisou solicitar o passaporte e tiveram que ir à Ribeira Grande, com todos os custos que a deslocação exige.

Propõe que, “pelo menos”, a documentação fosse entregue na esquadra policial do Porto Novo e esta se encarregaria de enviá-la ao comando regional, na cidade da Ribeira Grande, o que, a seu ver, aliviaria às pessoas dos encargos com as deslocações.

Os porto-novenses têm aproveitado as sessões da Assembleia Municipal do Porto Novo para pedir aos autarcas para exercerem a sua influência junto do Governo para que o passaporte passe a ser emitido, novamente, neste concelho.

Os próprios emigrantes naturais do Porto Novo, já por várias vezes, queixaram-se da ausência, há três anos, dos serviços de emissão de passaportes neste município, o que, no seu entender, tem vindo a criar “muitos constrangimentos” às pessoas.

JM/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos